Acessibilidade Web

Diretiva da acessibilidade dos sítios Web e das aplicações móveis de organismos do setor público. A Diretiva está no presente momento em fase de transposição para o ordenamento jurídico português…

Diretiva (UE) 2016/2102 de 26 outubro

FCT integra consórcio do projeto WAI-Tools

Bandeira da União Europeia

WAI-Tools

projeto co-financiado pela Comissão Europeia
programa Horizon 2020 – Innovation Action
GA 780057

A Unidade ACESSO da FCT é parceiro do projeto WAI-Tools – Advanced Decision Support Tools for Scalable Web Accessibility Assessments, um projeto co-financiado pela Comissão Europeia ao abrigo do Programa Horizon 2020 (GA 780057). O WAI-Tools iniciou-se a 1 de novembro de 2017 e tem a duração de três anos.

Portugal e a Noruega participam no projeto com os seus Observatórios de Acessibilidade Web para a Administração Pública. No caso da Noruega com uma metodologia de análise manual pericial e no caso de Portugal com uma metodologia de análise automática. Com o WAI-Tools, o AccessMonitor irá experimentar uma nova bateria de testes que resultará do próprio projeto. Para além disso vai ser possível (re)utilizar o código fonte do AccessMonitor nomeadamente para dar corpo a Observatórios semelhantes em vários países.

Referências:

A comunicação do turismo acessível: um estudo sobre as atrações turísticas da cidade do Porto

Cidade do Porto - vista do Rio Douro, à noite

Autora: Celine Teixeira de Castro

A cidade do Porto, um dos destinos turísticos mais antigos da Europa, é reconhecida pelo seu charme. O seu centro histórico foi classificado em 1996 pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade e está atualmente em voga na indústria do Turismo. Eleito por viajantes de todo o mundo como European Best Destination em 2012, 2014 e, mais recentemente, em 2017, o Porto é um destino cada vez mais adequado ao mercado de turismo acessível. No entanto, a imagem projetada no universo da world wide web não reflete a realidade, uma vez que esta mesma acessibilidade não é devidamente difundida nos websites turísticos. A conclusão é do estudo “A comunicação do Turismo Acessível: um estudo sobre as atrações turísticas da cidade do Porto”, realizado no âmbito do Mestrado em Marketing da Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

ver artigo – A comunicação do turismo acessível: um estudo sobre as atrações turísticas da cidade do Porto

Porque precisamos de uma forte Lei Europeia da Acessibilidade?

Acessibilidade para todos

Milhões de pessoas na Europa continuam excluídas no seu quotidiano ao utilizarem produtos e serviços básicos, cujo acesso é garantido às outras pessoas, tais como o levantamento de dinheiro numa ATM, entrar no Banco, na escola, na universidade ou em qualquer outro edifício público, utilizar o metro, adquirir um bilhete etc. Encontra-se ainda em fase de discussão a proposta da Lei Europeia da Acessibilidade que poderá tornar muitos produtos e serviços acessíveis na Europa.

O European Disability Forum (EDF) tem levado a cabo uma campanha de sensibilização, junto das instituições europeias, com o intuito de se conseguir uma legislação o mais favorável possível à acessibilidade dos produtos e serviços TIC.

A fim de exemplificar as dificuldades sentidas, o EDF reuniu num vídeo os testemunhos de alguns cidadãos a falarem da sua própria experiência: Link do vídeo no Youtube