Saltar para o conteúdo principal da página

Cookies

Este website utiliza cookies. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização.

Caso pretenda saber mais, consulte a nossa política de privacidade.


O sítio para a divulgação, partilha e promoção das melhores práticas de acessibilidade para conteúdos Web e aplicações móveis.
O sítio para a divulgação, partilha e promoção das melhores práticas de acessibilidade para conteúdos Web e aplicações móveis.

ecossistema
acessibilidade.gov.pt

Os sítios e as ferramentas de apoio à acessibilidade e à usabilidade, para garantir a promoção das boas práticas e melhorar a experiência de utilização dos serviços digitais.

Acessibilidade aos sítios Web da AP para Cidadãos com Necessidades Especiais – Requisitos de Visitabilidade

Ficha técnica

Título

Acessibilidade aos sítios Web da AP para Cidadãos com Necessidades Especiais – Requisitos de Visitabilidade

Ano

2003

Editor

Programa Acesso da UMIC/PCM e CERTIC / Universidade de Trás os Montes e Alto Douro

Capa - Acessibilidade aos sítios Web da AP para Cidadãos com Necessidades Especiais – Requisitos de Visitabilidade.PNG

Sumário

Em 1999, Portugal regulamentou a adopção de regras de acessibilidade à informação disponibilizada na Internet pela Administração Pública para cidadãos com necessidades especiais.

Em 19 de Junho de 2000, o Conselho Europeu de Santa Maria da Feira estendeu esta iniciativa aos 15 países da União Europeia ao aprovar o plano de acção e-Europe 2002 da Comissão Europeia, que contempla, entre outras medidas, o compromisso da adopção das orientações sobre acessibilidade do W3C (World Wide Web Consortium) nos sítios Web públicos até ao final de 2001.

Índice

  • Introdução
  • Enquadramento legal da acessibilidade.
    • Petição pela acessibilidade da Internet Portuguesa.
    • Recomendação da Assembleia da República ao Governo.
    • Resolução sobre Acessibilidade à Web.
    • Plano eEurope 2002.
    • Resolução do Parlamento Europeu.
    • Estrutura transversal de coordenação
    • Principais Referências.
  • Acessibilidade e Deficiência.
    • CONCEITOS BÁSICOS.
      • Cidadãos com necessidades especiais.
      • Incapacidade.
      • Deficiência.
      • Desvantagem.
      • Ajudas Técnicas.
      • Acessibilidade.
    • As pessoas com deficiência e o computador.
    • Acessibilidade ao computador.
      • Acesso ao Computador sem rato.
      • Acesso ao computador sem teclado.
      • Acesso ao computador sem monitor.
    • Bases de dados de ajudas técnicas para o acesso ao computador.
    • Acessibilidade à Web.
    • Principais referências.
  • Introdução ao desenho Web acessível.
    • Web Access Project.
    • BOBBY.
    • Web Accessibility Initiative.
    • Directrizes de Acessibilidade do Conteúdo da Web 1.0.
    • Principais Referências.
  • Os requisitos de visitabilidade.
  • Apresentação da Informação.
  • Contactos.
  • Navegação.
  • Conformidade.
  • Como testar páginas Web automáticamente.
  • Como testar páginas Web manualmente.
    • Download e instalação.
    • Configurar o Opera.
    • Configurar o JAWS.
    • Navegar com o Opera.
    • Navegar sem imagens activas.
    • Navegar sem estrutura.
    • Simular um browser que não suporta frames.
    • Principais Referências.
  • Técnicas para desenho de conteúdos Web acessíveis.
    • Legendar Imagens.
    • Descrever Imagens.
    • Legendar Applets.
    • Legendar Mapas de imagem do Cliente.
    • Legendar Frames.
    • Legendar Vídeos.
    • Como tratar os formulários.
    • Identifique os cabeçalhos das colunas e das linhas das Tabelas.
    • Construa um equivalente ao Script.
    • O uso de CSS.
    • Principais Referências.
  • Kit para editores de conteúdo da Web.
  • Endereços Gerais.
  • Materiais de formação.
  • Listas de discussão.
  • Análise de Acessibilidade.
  • Filtros.
  • Tecnologias de Acesso.
  • Browsers com funcionalidades especiais.
  • Legendagem de Vídeos

Partilhar

Última atualização: 3 de Março, 2020
versão 2.1

O validador de práticas de acessibilidade web (WCAG 2.0)