Pasta Actual:
Web@x / eXaminator

acesso > eXaminator / Web@x > nota técnica

Nota técnica sobre o índice web@X
(web at eXaminator)

O que é o índice web@x?

O web@x – Web Accessibility at eXaminator é um índice numérico de 0,0 a 10,0 que sintetiza num só valor o grau de satisfação das Directrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web (WCAG 1.0) do W3C – World Wide Web Consortium verificado pelo validador eXaminator, também desenvolvido pela UMIC – Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP (10.0 é indicativo de uma muito elevada satisfação das directrizes de acessibilidade). O web@x pode dar informação sintética sobre uma dada página na Internet, ou sobre o conjunto de todas as páginas de um dado domínio na Internet.

O índice foi criado para:

  1. permitir ao desenvolvedor de conteúdos manter sob constante e fácil observação a acessibilidade de um sítio Web, sempre que é alterado;
  2. gerar facilmente directórios de benchmarking de domínios na Internet;
  3. fornecer informação numérica sintética sobre o grau de satisfação das directrizes de acessibilidade actuando sobre um logótipo dinâmico "Certified Accessibility" aposto na home page de um domínio na Internet.

O primeiro ponto é de particular relevância, uma vez que o índice é altamente sensível à alteração de ocorrências de acessibilidade. Será, por exemplo, fácil ao responsável pelos conteúdos verificar se nos últimos conteúdos introduzidos foram cometidos erros, por mínimos que sejam. Desenvolvedores de conteúdos de muitas organizações têm transmitido à equipa da ACESSO da UMIC que a utilização do web@x lhes facilita muito assegurar um elevado grau de acessibilidade dos sítios que mantêm na Internet.

O índice web@x de uma página ou de um domínio na Internet é uma média ponderada do grau de satisfação das diversas ocorrências relativas às várias directrizes de acessibilidade nessa página ou domínio:

web@x = numerador: somatório do produto da classificação das ocorrências pela ponderação; denominador: somatório das ponderações

onde Xij é o grau de satisfação da ocorrência j no teste i e Wi é o peso do teste i (ver a Tabela 1 para a classificação do grau de satisfação de cada teste, e a Tabela 2 para o peso de cada teste).

A UMIC também desenvolveu o logótipo dinâmico "Certified Accessibility" da UMIC para ser aposto na home page de um dado sítio na Internet e fornecer informação dinâmica sobre o seu grau de satisfação das directrizes de acessibilidade do W3C, a qual inclui o valor do índice web@x para o conjunto de todas as páginas desse sítio.

Tabela 1: Classificação do grau de satisfação de cada teste
Teste i Ocorrência j Xij
1. Texto alternativo nas imagens.
Todas as imagens têm alt
10
Há uma imagem sem texto alternativo
3
Há várias imagens sem texto alternativo
1
2. Texto alternativo nos botões gráficos.
Todos os botões gráficos têm o atributo alt
10
Há um botão gráfico sem texto alternativo
2
Há vários botões gráficos sem texto alternativo
1
3. Texto alternativo nas áreas de um mapa de imagem.
Todas as áreas têm o atributo alt
10
Há áreas sem o atributo alt
1
4. Conteúdo alternativo para scripts.
Usam-se vários <script> no <body> e todos estão acompanhados de <noscript>
10
Usa-se <script> no <body> e <noscript>
8
Usa-se <script> no <body> mas não se usa <noscript>
3
Usa-se <script> no <body> mas o <noscript> está vazio
2
Usam-se vários <script> no <body> e não existe nenhum <noscript>
1
5. Conteúdo alternativo para elementos embutidos.
Utiliza-se <embed> acompanhado de <noembed>
10
Utiliza-se <embed> sem <noembed>
3
6. Conteúdo alternativo para applets.
Utiliza-se <applet> com texto alternativo
10
Utiliza-se <applet> sem texto alternativo
3
7. Utilização de Flash.
Usa-se um elemento flash
5
Usam-se vários elementos flash
3
8. Conteúdos alternativos para iframe.
Usa-se <iframe> com conteúdo alternativo
10
Usa-se <iframe> sem conteúdo alternativo
3
9. Ficheiros de som.
Há ficheiros de som entrelaçados na página
6
10. Ficheiros multimédia.
Há ficheiros multimédia entrelaçados na página. Deve-se verificar se existem textos ou conteúdos alternativos adequados
6
11. Mapas de imagem do tipo servidor.
Utilizam-se mapas de imagem do tipo servidor
1
12. Links redundantes para áreas.
Há links redundantes às áreas
10
Não há links redundantes às áreas
1
13. Informação transmitida através da cor.
Não se localizaram cores de fundo nem cores de texto afixadas no código html
10
Não se localizaram cores de fundo nem cores de texto afixadas no código html, mas existem imagens/multimédia, pelo que se deve verificar também as cores das imagens e dos objectos multimédia
9
14. Contraste das cores.
Definição de cores de texto na CSS
10
Definição de cores de texto na CSS + Localizaram-se imagens
9
Definição de cores de texto no HTML
1
15. Uso de imagens quando existe uma linguagem de programação apropriada para as substituir.
Não se usam imagens
10
16. Declaração do tipo de documento/Sintaxe.
Há declaração de DTD
10
Não há declaração de DTD
1
17. Validação do código (X)HTML.
Nenhum erro
10
Menos de 10 erros
6
Entre 10 e 25 erros
3
Mais de 25 erros
1
18. Validação do código das folhas de estilo CSS.
Nenhum erro de CSS
10
CSS contém erros
5
19. Elementos HTML de apresentação.
Não se utilizam elementos de apresentação HTML
10
Usam-se entre 1 e 5 elementos de apresentação HTML
5
Usam-se mais de 5 elementos
3
20. Atributos de apresentação.
Não se utilizam atributos de apresentação HTML
10
Usam-se entre 1 e 10 atributos de apresentação HTML
5
Usam-se mais de 10 atributos de apresentação HTML
3
21. Utilização de CSS.
Usa-se CSS e não há tabelas-layout
10
Usa-se CSS mas há >= 1 tabela-layout
5
Não se usa CSS e não há tabelas-layout
3
Não se usa CSS e há >= 1 tabela-layout
1
22. Utilização de medidas absolutas.
Não se usam medidas absolutas
10
Usam-se medidas absolutas nas CSS
5
Usam-se medidas absolutas nos atributos HTML
3
Usam-se medidas absolutas nos atributos HTML e nas CSS
1
23. Utilização de cabeçalhos.
Usa-se h1 e a ordem dos cabeçalhos está correcta
10
Usa-se h1 mas a ordem dos cabeçalhos está incorrecta
8
Há mais do que um h1
5
Não se usam cabeçalhos
1
24. Utilização de listas.
Existe <li>, <dt> ou <dd> mas não existe <ul>, <ol> ou <dl>
1
25. Citações devidamente codificadas.
Existe BLOCKQUOTE ou Q com atributo CITE e/ou LANG
10
26. Mudanças de idioma ao longo da página.
Foram identificadas na página algumas mudanças de idioma
10
27. Identificação de abreviaturas ou acrónimos.
Existe pelo menos 1 acrónimo (<acronym>) ou abreviatura (<abbr>)
10
28. Identificação do idioma principal da página.
Identifica-se o idioma principal: em HTML (lang); em XHTML (lang e xml:lang); em XHTML 1.1 (xml:lang)
10
Usa-se LANG mas a DTD é XHTML e falta xml:lang
5
A DTD é XHTML mas lang é diferente de xml:lang
3
Não se utiliza lang nem xml:lang
1
29. Cabeçalhos em tabelas de dados.
Todas as tabelas têm células de cabeçalho
10
Alguma(s) tabela(s) não têm células de cabeçalho
5
Nenhuma tabela tem células de cabeçalho
3
30. Atributos de associação nas células.
Todas as células de cabeçalho têm atributos de associação
10
Algumas células de cabeçalho e de dados têm atributos de associação
8
Apenas algumas células de cabeçalho têm atributos de associação
6
Nenhuma das várias células de cabeçalho têm atributos de associação
3
Nenhuma célula de cabeçalho tem atributos de associação
1
31. Utilização de tabelas para maquetar a página (tabela-layout).
Não existem tabelas-layout
10
Há tabelas e algumas são layout
5
Há <= 5 tabelas-layout
3
Há > 5 tabelas-layout
1
32. Summary/Resumos nas tabelas de dados.
Todas as tabelas de dados têm o atributo summary
10
Há tabelas de dados e apenas algumas delas têm o atributo summary (localizou-se <caption> às vezes
5
Há tabelas de dados e apenas algumas delas têm o atributo summary
3
Há tabelas e algumas têm o atributo summary sem serem tabelas de dados
1
33. Abreviaturas nas células de cabeçalhos.
Usa-se pelo menos uma abreviatura numa tabela de dados
10
34. Links activados com javascript.
Há links que são activados unicamente através de <script>
1
35. Manipulação de eventos.
Usam-se apenas manipuladores independentes
10
Usam-se manipuladores de forma redundante
9
Usam-se manipuladores dependentes sem redundância
3
Usam-se manipuladores dependentes exclusivamente do rato
1
36. Utilização do elemento blink.
Usa-se <blink>
1
37. Utilização do elemento marquee.
Usa-se <marquee>
1
38. Recomeçar automático da página.
A página reinicia automaticamente através de um elemento <meta>
1
39. Redireccionamento automático da página.
Usa-se redireccionamento automático através de um elemento <meta> para aceder a esta página
2
A página tem redireccionamento automático através de um elemento <meta>
1
40. Utilização de tabindex.
Usa-se tabindex em todos os elementos activos
4
Não se usa tabindex em todos os elementos activos
1
41. Utilização de accesskey.
Usam-se teclas de atalho
10
Usam-se teclas de atalho em excesso (> 10)
6
Não se usam teclas de atalho em nenhum dos elementos activos (a,input,area); n∫ elementos <75
4
Não se usam teclas de atalho em nenhum dos elementos activos; nº elementos > 75
2
42. Novas janelas.
Há links com o atributo target
5
43. Etiquetas para controlos de formulário.
Todas as etiquetas envolvem os campos de edição
10
Todas as etiquetas estão associadas com id/for mas nem todas envolvem os campos de edição
5
Há etiquetas que não envolvem os campos de edição e não estão associadas com id/for
1
44. Caracteres por defeito.
Todos os controlos têm textos pré-definidos
10
Nem todos os controlos têm textos pré-definidos
1
45. Links adjacentes.
Todos os links estão separados por caracteres imprimíveis
10
Há links adjacentes que não estão separados por caracteres imprimíveis
1
46. Versão (X)HTML.
XHTML Strict
10
XHTML
9
HTML 4.01 Strict
8
HTML 4.01 (melhor Strict)
7
HTML 4.0 (antiquada)
4
HTML anterior a 4.0
1
47. Elementos obsoletos.
Não se usam elementos obsoletos em HTML
10
Há pelo menos 10 elementos obsoletos em HTML
5
Há mais de 10 elementos obsoletos em HTML
3
48. Atributos obsoletos.
Não se usam atributos obsoletos em HTML
10
Há pelo menos 10 atributos obsoletos em HTML
6
Há mais de 10 atributos obsoletos em HTML
4
49. Blocos de informação.
< de 30 palavras por bloco
10
>= 30 e < 60 palavras por bloco
7
>= 60 e < 100 palavras por bloco
5
> 100 palavras por bloco
3
Nenhum bloco
1
50. Associação de etiquetas com controlos.
Todas as <label> têm 'for' e os <input> um 'id'
10
Todas as label> têm 'for' mas nem todos os <input> têm um 'id'
4
Há <label> sem 'for'
3
Etiquetas sem 'for' que não envolvem o controlo
2
Faltam <label>s
1
51. Destino dos links.
O texto de todos os links é distinto
10
Existem pelo menos 3 links com texto igual que apontam diferentes destinos
3
Há mais de 3 links com texto igual que apontam diferentes destinos
1
52. Extensão dos links.
Há pelo menos 3 links com mais de 15 palavras
4
Mais de 3 links com mais de 15 palavras
1
53. Título da página.
Sem tÌtulo
2
Mais de um tÌtulo
1
54. Título da página.
A página tem um tÌtulo que deve verificar manualmente
10
A página tem um tÌtulo com arte-ASCII
7
A página tem um tÌtulo com uma extensão inadequada
6
O tÌtulo é uma sucessão de caracteres separados por espaços
3
55. Agrupar links.
> 50% dos links em listas (> 25 links)
10
> 50% dos links em listas (< de 25 links)
9
> 25% e < 50% dos links em listas (> de 25 links)
7
> 25% e < 50% dos links em listas (< de 25 links)
6
< 20% dos links em listas (> de 25 links)
4
< 20% dos links em listas (< de 25 links)
2
Nenhum link em listas (< de 25 links)
3
Nenhum link em listas (> de 25 links)
1
56. Formas para saltar os grupos de links.
Não há bookmarks (> 25 e < 75 links)
3
Não há bookmarks (> 75 e < 125 links)
2
Não há bookmarks (> 125 links)
1
57. Informação sobre documentos relacionados.
Existem elementos <link> em metadados
10
Não existem elementos <link> em metadados
4
58. Complemento visual do texto.
A página contém mais informação gráfica que textual (Quantidade de gráficos > 10% da Quantidade de palavras)
5
Não se complementa o texto com informação gráfica (até 500 palavras)
3
Não se complementa o texto com informação gráfica (mais de 500 palavras)
1
59. Títulos para Frames.
Há frames e alguns deles não têm o atributo title
1
60. Equivalente alternativo a Frames.
Em <noframes> existe pelo menos um link
10
Em <noframes> não existe nenhum link
3
O elemento <noframes> está vazÌo
2
Falta o elemento <noframes>
1
61. Página alternativa acessível.
Usa-se tecnologÌa Flash e não existem links para outras páginas
1
Tabela 2: Peso de cada teste
Teste i Wj
1. Texto alternativo nas imagens.
10
2. Texto alternativo nos botões gráficos.
10
3. Texto alternativo nas áreas de um mapa de imagem.
10
4. Conteúdo alternativo para scripts.
10
5. Conteúdo alternativo para elementos embutidos.
10
6. Conteúdo alternativo para applets.
10
7. Utilização de Flash.
10
8. Conteúdos alternativos para iframe.
10
9. Ficheiros de som.
10
10. Ficheiros multimédia.
10
11. Mapas de imagem do tipo servidor.
10
12. Links redundantes para áreas.
6
13. Informação transmitida através da cor.
10
14. Contraste das cores.
6
15. Uso de imagens quando existe uma linguagem de programação apropriada para as substituir.
8
16. Declaração do tipo de documento/Sintaxe.
8
17. Validação do código (X)HTML.
8
18. Validação do código das folhas de estilo CSS.
8
19. Elementos HTML de apresentação.
8
20. Atributos de apresentação.
8
21. Utilização de CSS.
8
22. Utilização de medidas absolutas.
8
23. Utilização de cabeçalhos.
8
24. Utilização de listas.
8
25. Citações devidamente codificadas.
8
26. Mudanças de idioma ao longo da página.
10
27. Identificação de abreviaturas ou acrónimos.
6
28. Identificação do idioma principal da página.
6
29. Cabeçalhos em tabelas de dados.
10
30. Atributos de associação nas células.
10
31. Utilização de tabelas para maquetar a página (tabela-layout).
8
32. Summary/Resumos nas tabelas de dados.
6
33. Abreviaturas nas células de cabeçalhos.
6
34. Links activados com javascript.
10
35. Manipulação de eventos.
8
36. Utilização do elemento blink.
8
37. Utilização do elemento marquee.
8
38. Recomeçar automático da página.
8
39. Redireccionamento automático da página.
8
40. Utilização de tabindex.
6
41. Utilização de accesskey.
6
42. Novas janelas.
8
43. Etiquetas para controlos de formulário.
8
44. Caracteres por defeito.
6
45. Links adjacentes.
6
46. Versão (X)HTML.
8
47. Elementos obsoletos.
8
48. Atributos obsoletos.
8
49. Blocos de informação.
8
50. Associação de etiquetas com controlos.
8
51. Destino dos links.
8
52. Extensão dos links.
8
53. Título da página.
8
54. Título da página.
8
55. Agrupar links.
6
56. Formas para saltar os grupos de links.
6
57. Informação sobre documentos relacionados.
6
58. Complemento visual do texto.
6
59. Títulos para Frames.
10
60. Equivalente alternativo a Frames.
10
61. Página alternativa acessível.
10

Apresenta-se de seguida um exemplo, com 3 ocorrências, pertencendo a primeira a um teste relacionado com um ponto de verificação de prioridade 1 das WCAG 1.0 (ponderação 10), a segunda a um teste relacionado com um ponto de verificação de prioridade 2 (ponderação 8) e a terceira a um teste relacionado com um ponto de verificação de prioridade 3 (ponderação 6).

Tabela 3: Excerto exemplificativo do cálculo do índice web@X
(Xij)
Classificação da ocorrência (j) do teste (i)
(Wi)
Ponderação do teste i
(Xij * Wi)
9 10 90
4 8 32
7 6 42
  24 164

Aplicando a fórmula de cálculo do índice web@x teremos 164/24 = 6.8.

Casos especiais (significado do prefixo que acompanha o índice web@X)

Existem, no entanto, páginas que são consideradas casos especiais. Casos em que o eXaminator não pode efectuar todos os seus testes pela natureza dos elementos encontrados (o W3C chama-lhe impossíbilidade na determinação do modelo de análise) ou pela escassez de elementos HTML na página. Nestes casos, o índice webax é acompanhado de um prefixo, o qual tem como objectivo alertar para a presença de elementos especiais ou escassez de elementos.

Assim, temos:

Última actualização: 20 de Setembro 2009.
Programa ACESSO da UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento, I.P.

Motor de Busca
Motor de Busca

Mapa do Sítio
Mapa do Sítio

Ajuda
Ajuda

Sugestão
Sugestão