[Nota sobre a tradução portuguesa do presente documento] [Unidade ACESSO da FCT]

Sítio Web do W3C|Sítio Web da Web Accessibility Initiative (WAI)

Como Cumprir as WCAG 2.0

Um guia de referência rápido para os requisitos (critérios de sucesso) e técnicas das Directrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web 2.0

Personalize este Guia de Referência Rápido

Tecnologias:
Níveis:
Secções:
Opção de Guardar Definições:

Introdução

[Esconder Introdução]

Este documento lista todos os requisitos (designados por "critérios de sucesso") das Directrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web (WCAG) 2.0. Ele lista também as técnicas para ir ao encontro dos requisitos, os quais estão hiperligados a mais detalhes. As hiperligações "Noções de" conduzem-no às descrições, exemplos, e recursos.

Pode personalizar a lista através da selecção das tecnologias que se aplicam ao seu projecto Web, assim como os níveis e as técnicas que deseja incluir na lista.

Veja Antevisão das WCAG para uma introdução às WCAG e documentos de apoio, incluíndo mais informação sobre este documento.

Sobre as Técnicas

Tome nota de que todas as técnicas são informativas - você não tem que as seguir. As "técnicas de tipo suficiente" listadas abaixo são consideradas suficientes para alcançar os critérios de sucesso; no entanto, não é necessário usar estas técnicas em particular. Qualquer pessoa pode, a qualquer momento, submeter novas técnicas. Caso sejam utilizadas outras técnicas que não as listadas aqui pelo Grupo de Trabalho, será necessário um outro método para aferir de que forma a técnica é capaz de ir ao encontro dos critérios de sucesso.

Em adição às 'técnicas de tipo suficiente', existem também as técnicas de tipo aconselhada que vão para além dos requisitos das WCAG 2.0. É de todo conveniente que os autores implementem o maior número de técnicas possível, incluíndo as técnicas de tipo aconselhada, por forma a melhor endereçarem o mais amplo leque possível de necessidades dos utilizadores.

Tome nota que mesmo o conteúdo que está conforme com o nível mais elevado (AAA) não será acessível a indivíduos com todos os tipos, graus, ou combinações de incapacidades, particulamente nas áreas da cognição da linguagem e da aprendizagem. Os autores estão desde já convidados a procurar aconselhamento relevante sobre as melhores práticas actuais que assegurem que o conteúdo Web seja acessível, o mais possível, a esta comunidade.

Veja também Técnicas de tipo suficiente e ae tipo aconselhada.

Índice

Lista de Referência Rápida WCAG 2.0

A personalização actual inclui:

Alternativas em Texto:

Directriz 1.1 Fornecer alternativas em texto para qualquer conteúdo não textual permitindo, assim, que o mesmo possa ser alterado noutras formas mais adequadas à necessidade da pessoa, tais como impressão em caracteres ampliados, braille, fala, símbolos ou linguagem mais simples. Noções sobre a Directriz 1.1

Conteúdo Não Textual:

1.1.1 Todo o conteúdo não textual que é apresentado ao utilizador tem uma alternativa em texto que serve finalidade equivalente, excepto para as situações indicadas abaixo. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.1.1

  • Controlos, Entrada: Se o conteúdo não textual for um controlo ou aceitar a entrada de dados por parte do utilizador, então dispõe de um nome que descreve a sua finalidade. (Para obter os requisitos adicionais para controlos e conteúdo que aceitam entrada de dados por parte do utilizador, consulte a Directriz 4.1)

  • Multimédia Baseada no Tempo: Se o conteúdo não textual corresponder a multimédia baseada no tempo, então as alternativas em texto fornecem, no mínimo, uma identificação descritiva do conteúdo não textual. (Para obter os requisitos adicionais para multimédia, consulte a Directriz 1.2)

  • Teste: Se o conteúdo não textual for um teste ou um exercício, inválidos se apresentados em texto, então as alternativas em texto fornecem, no mínimo, uma identificação descritiva do conteúdo não textual.

  • Sensorial: Se a finalidade do conteúdo não textual for, essencialmente, criar uma experiência sensorial específica, então as alternativas em texto fornecem, no mínimo, uma identificação descritiva do conteúdo não textual.

  • CAPTCHA: Se a finalidade do conteúdo não textual for confirmar que o conteúdo está a ser acedido por uma pessoa em vez de por um computador, então são fornecidas as alternativas em texto que identificam e descrevem a finalidade do conteúdo não textual, e são fornecidas as formas alternativas do CAPTCHA que utilizam modos de saída para diferentes tipos de percepção sensorial, para incluir diferentes incapacidades.

  • Decoração, Formatação, Invisível: Se o conteúdo não textual for meramente decorativo, for utilizado apenas para formatação visual, ou não for apresentado aos utilizadores, então é implementado de uma forma que pode ser ignorada pela tecnologia de apoio.

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.1.1 - Conteúdo Não Textual
Situação A: Se uma descrição abreviada puder servir a mesma finalidade e apresentar as mesmas informações do conteúdo não textual:
  1. G94: Fornecer a alternativa em texto abreviado para conteúdo não textual que serve a mesma finalidade e apresenta as mesmas informações do conteúdo não textual utilizando uma das técnicas de alternativa em texto abreviado indicadas abaixo

Situação B: Se uma descrição abreviada não puder servir a mesma finalidade e apresentar as mesmas informações do conteúdo não textual (por ex., um gráfico ou diagrama):
  1. G95: Fornecer alternativas em texto abreviado que fornecem uma breve descrição do conteúdo não textual utilizando uma das técnicas de alternativa em texto abreviado indicadas abaixo E uma das seguintes técnicas para a descrição extensa:

Situação C: Se o conteúdo não textual for um controlo ou aceitar a entrada de dados por parte do utilizador:
  1. G82: Fornecer uma alternativa em texto que identifique a finalidade do conteúdo não textual utilizando uma das técnicas de alternativa em texto abreviado indicadas abaixo

  2. H44: Utilizar elementos label para associar etiquetas de texto a controlos de formulário (HTML)

  3. H65: Utilizar atributos title para identificar controlos de formulário quando o elemento label não puder ser utilizado (HTML)

Situação D: Se o conteúdo não textual corresponder a multimédia baseada no tempo (incluindo apenas vídeo em directo e apenas áudio em directo); um teste ou exercício forem inválidos se apresentados em texto; ou a finalidade principal for criar uma experiência sensorial específica:
  1. Fornecer uma etiqueta descritiva utilizando uma das técnicas de alternativa em texto abreviado indicadas abaixo

  2. G68: Fornecer uma etiqueta descritiva que descreva a finalidade do conteúdo composto por apenas áudio em directo e por apenas vídeo em directo utilizando uma das técnicas de alternativa em texto abreviado indicadas abaixo

  3. G100: Fornecer o nome aceite ou um nome descritivo do conteúdo não textual utilizando uma das técnicas de alternativa em texto abreviado indicadas abaixo

Situação E: Se o conteúdo não textual corresponder a um CAPTCHA:
  1. G143: Fornecer uma alternativa em texto que descreva a finalidade do CAPTCHA E G144: Garantir que a Página Web inclua outro CAPTCHA que sirva a mesma finalidade utilizando uma modalidade diferente

Situação F: Se o conteúdo não textual dever ser ignorado pela tecnologia de apoio:
  1. Implementar ou assinalar o conteúdo não textual para ser ignorado pela tecnologia de apoio utilizando uma das técnicas de tecnologia específica indicadas abaixo

Técnicas de alternativa em texto abreviado para utilizar nas técnicas de tipo suficiente acima
  1. H36: Utilizar atributos alt em imagens utilizadas como botões Submeter (HTML)

  2. H2: Combinar a imagem adjacente e os links de texto para o mesmo recurso (HTML)

  3. H37: Utilizar atributos alt em elementos img (HTML)

  4. H35: Fornecer alternativas em texto em elementos applet (HTML)

  5. H53: Utilizar o corpo do elemento object (HTML)

  6. H24: Fornecer alternativas em texto para os elementos area dos mapas de imagens (HTML)

  7. H86: Fornecer alternativas em texto para arte ASCII, emoticons e leetspeak (HTML)

  8. H30: Fornecer texto do link que descreva a finalidade de um link para elementos anchor (HTML)

  9. G196: Utilizar uma alternativa em texto num item de um grupo de imagens que descreva todos os itens do grupo

Técnicas de alternativa em texto extenso para utilizar nas técnicas de tipo suficiente acima
  1. H45: Utilizar LONGDESC (HTML)

  2. H53: Utilizar o corpo do elemento object (HTML)

Técnicas Adicionais para 1.1.1 - Conteúdo Não Textual
Técnicas Gerais para Conteúdo Informativo Não Textual (de tipo aconselhada)
  • Identificar conteúdo informativo não textual (futuro link)

  • Manter abreviadas as descrições abreviadas (futuro link)

  • Descrever imagens que incluam texto (futuro link)

  • Fornecer uma descrição mais extensa do conteúdo não textual, na qual apenas é necessário uma etiqueta descritiva utilizando uma técnica de tecnologia específica (para uma tecnologia de conteúdo suportada por acessibilidade) para a descrição extensa indicada acima (futuro link)

  • Fornecer tamanhos diferentes para conteúdo não textual, quando este não puder ter uma alternativa acessível equivalente (futuro link)

  • Utilizar scripts do lado do servidor para redimensionar imagens de texto (futuro link)

Técnicas Gerais para Conteúdo Em Directo Não Textual (de tipo aconselhada)
  • Aceder, através de um link, a informações textuais que fornecem informações comparáveis (por ex., para uma câmara Web de trânsito, um município pode fornecer um link para o relatório de trânsito em texto.) (futuro link)

Técnicas Gerais para minimizar a barreira dos CAPTCHAs
  • Fornecer mais de duas modalidades de CAPTCHAs (futuro link)

  • Fornecer acesso ao representante do serviço ao cliente que possa ignorar o CAPTCHA (futuro link)

  • Não requerer CAPTCHAs para utilizadores autorizados (futuro link)

Técnicas HTML (de tipo aconselhada)
Técnicas CSS (de tipo aconselhada)
Técnicas ARIA (de tipo aconselhada)
  • Utilizar a função da apresentação ARIA para indicar que os elementos são simplesmente para fins de apresentação (futuro link)

Técnicas de Metadados (de tipo aconselhada)
  • Utilizar metadados para associar transcrições de texto a um vídeo (futuro link)

  • Utilizar metadados para associar transcrições de texto a conteúdo composto por apenas áudio (futuro link)

    • EXEMPLO: Fornecer, em metadados, URI(s) que apontam para uma áudio-descrição e uma transcrição de texto de um vídeo.

    • EXEMPLO: Fornecer, em metadados, URI(s) que apontam para várias transcrições de texto (inglês, francês, holandês) de um ficheiro de áudio.

Falhas Comuns para 1.1.1 - Conteúdo Não Textual

Multimédia Baseada no Tempo:

Directriz 1.2 Fornecer alternativas para multimédia baseada no tempo. Noções sobre a Directriz 1.2

Apenas Áudio e Apenas Vídeo (Pré-gravados):

1.2.1 As seguintes afirmações, no que respeita a multimédia composta por apenas áudio| pré gravado| e por apenas vídeo| pré-gravado, são verdadeiras, excepto quando o áudio ou o vídeo forem, eles próprios, uma alternativa em multimédia para texto e forem claramente identificados como tal: (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.1

  • Apenas áudio pré-gravado: É fornecida uma alternativa para multimédia baseada no tempo, que apresenta informações equivalentes para o conteúdo composto por apenas áudio pré-gravado.

  • Apenas vídeo pré-gravado: É fornecida uma faixa de áudio ou uma alternativa para multimédia baseada no tempo, que apresenta informações equivalentes para o conteúdo composto por apenas vídeo pré-gravado.

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.2.1 - Apenas Áudio e Apenas Vídeo (Pré-gravados)
Situação A: Se o conteúdo for apenas de áudio pré-gravado:
  1. G158: Fornecer uma alternativa para multimédia baseada no tempo para conteúdo composto por apenas áudio

Situação B: Se o conteúdo for composto por apenas vídeo pré-gravado:
  1. G159: Fornecer uma alternativa para multimédia baseada no tempo para conteúdo composto por apenas vídeo

  2. G166: Fornecer áudio que descreva o conteúdo importante do vídeo e o descreva como tal

Técnicas Adicionais para 1.2.1 - Apenas Áudio e Apenas Vídeo (Pré-gravados)
  • Fornecer uma transcrição de uma apresentação composta por apenas vídeo em directo após o acontecimento (futuro link)

  • Aceder, através de um link, a informações textuais que fornecem informações comparáveis (por ex., para uma câmara Web de trânsito, um município pode fornecer um link para o relatório de trânsito em texto.) (futuro link)

Legendas (Pré-gravadas):

1.2.2 São fornecidas legendas para a totalidade do áudio| pré-gravado existente num conteúdo em multimédia sincronizada, excepto quando a multimédia for, ela própria, uma alternativa em multimédia para texto e for claramente identificada como tal. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.2

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.2.2 - Legendas (Pré-gravadas)
  1. G93: Fornecer legendas abertas (sempre visíveis)

  2. G87: Fornecer legendas ocultas utilizando qualquer formato de multimédia prontamente disponível que tenha um leitor de vídeo que suporte legendas ocultas

  3. G87: Fornecer legendas ocultas utilizando qualquer uma das técnicas de tecnologia específica indicadas abaixo

Técnicas Adicionais para 1.2.2 - Legendas (Pré-gravadas)
  • Fornecer uma nota com a informação "Não são utilizados quaisquer sons neste clip" para clips compostos por apenas vídeo (futuro link)

  • Utilizar SMIL 1.0 para fornecer legendas para todos os idiomas para os quais existam faixas de áudio (futuro link)

  • Utilizar SMIL 2.0 para fornecer legendas para todos os idiomas para os quais existam faixas de áudio (futuro link)

Áudio-Descrição ou Alternativa em Multimédia (Pré-gravadas):

1.2.3 É fornecida uma áudio-descrição ou uma alternativa para multimédia baseada no tempo para a totalidade do vídeo| pré-gravado existente num conteúdo em multimédia sincronizada, excepto quando a multimédia for, ela própria, uma alternativa em multimédia para texto e for claramente identificada como tal. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.3

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.2.3 - Áudio-Descrição ou Alternativa em Multimédia (Pré-gravadas)
  1. G69: Fornecer uma alternativa para multimédia baseada no tempo utilizando uma das seguintes técnicas

  2. G78: Fornecer uma segunda faixa de áudio, seleccionável pelo utilizador, que inclua áudio-descrições

  3. G173: Fornecer uma versão de um filme com áudio-descrições utilizando uma das seguintes técnicas:

  4. G8: Fornecer um filme com áudio-descrições alargadas utilizando uma das seguintes técnicas:

Técnicas Adicionais para 1.2.3 - Áudio-Descrição ou Alternativa em Multimédia (Pré-gravadas)
  • Fornecer uma áudio-descrição em várias linguagens em SMIL 1.0 (futuro link)

  • Fornecer uma áudio-descrição em várias linguagens em SMIL 2.0 (futuro link)

Legendas (Em directo):

1.2.4 São fornecidas legendas para a totalidade do áudio| em directo existente num conteúdo em multimédia sincronizada. (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.4

Áudio-Descrição (Pré-gravada):

1.2.5 É fornecida áudio-descrição para a totalidade do vídeo| pré-gravado existente num conteúdo em multimédia sincronizada. (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.5

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.2.5 - Áudio-Descrição (Pré-gravada)
  1. G78: Fornecer uma segunda faixa de áudio, seleccionável pelo utilizador, que inclua áudio-descrições

  2. G173: Fornecer uma versão de um filme com áudio-descrições utilizando uma das seguintes técnicas:

  3. G8: Fornecer um filme com áudio-descrições alargadas utilizando uma das seguintes técnicas:

Técnicas Adicionais para 1.2.5 - Áudio-Descrição (Pré-gravada)
  • Fornecer uma áudio-descrição em múltiplos idiomas em SMIL 1.0 (futuro link)

  • Fornecer uma áudio-descrição em múltiplos idiomas em SMIL 2.0 (futuro link)

  • Fornecer uma áudio-descrição para multimédia sincronizada em directo (futuro link)

Língua Gestual (Pré-gravada):

1.2.6 É fornecida interpretação em língua gestual para a totalidade do áudio| pré-gravado existente num conteúdo em multimédia sincronizada. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.6

Técnicas Adicionais para 1.2.6 - Língua Gestual (Pré-gravada)
Técnicas de Metadados
  • Utilizar metadados para associar alternativas em língua gestual de um vídeo para permitir a escolha da língua gestual (futuro link)

    • EXEMPLO: Fornecer, em metadados, URI(s) que apontam para várias traduções de língua gestual em inglês (ASL, SASL, BSL, Auslan, ISL, NZSL) de uma página Web.

Áudio-Descrição Alargada (Pré-gravada):

1.2.7 Quando as pausas no áudio do primeiro plano forem insuficientes para permitir que as áudio-descrições transmitam o sentido do vídeo, é fornecida uma áudio-descrição alargada para a totalidade do vídeo| pré-gravado existente num conteúdo em multimédia sincronizada. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.7

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.2.7 - Áudio-Descrição Alargada (Pré-gravada)
  1. G8: Fornecer um filme com áudio-descrições alargadas utilizando uma das seguintes técnicas:

Técnicas Adicionais para 1.2.7 - Áudio-Descrição Alargada (Pré-gravada)
  • Adicionar uma áudio-descrição alargada em múltiplos idiomas em SMIL 1.0 (futuro link)

  • Adicionar uma áudio-descrição alargada em múltiplos idiomas em SMIL 2.0 (futuro link)

Alternativa em Multimédia (Pré-gravada):

1.2.8 É fornecida uma alternativa para multimédia baseada no tempo para a totalidade do conteúdo existente em multimédia sincronizada| pré-gravada e para a totalidade do conteúdo multimédia composto por apenas vídeo pré-gravado. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.8

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.2.8 - Alternativa em Multimédia (Pré-gravada)
Situação A: Se o conteúdo for multimédia sincronizada pré-gravada:
  1. G69: Fornecer uma alternativa para multimédia baseada no tempo utilizando uma das seguintes técnicas

Situação B: Se o conteúdo for composto por apenas vídeo pré-gravado:
  1. G159: Fornecer uma alternativa para multimédia baseada no tempo para conteúdo composto por apenas vídeo

Técnicas Adicionais para 1.2.8 - Alternativa em Multimédia (Pré-gravada)

Apenas Áudio (Em directo):

1.2.9 É fornecida uma alternativa para multimédia baseada no tempo que apresenta informações equivalentes para conteúdo composto por apenas áudio| em directo. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.2.9

Técnicas Adicionais para 1.2.9 - Apenas Áudio (Em directo)
  • Utilizar metadados para associar transcrições de texto a conteúdo composto por apenas áudio (futuro link)

    Exemplo: Fornecer, em metadados, URI(s) que apontam para várias transcrições de texto (inglês, francês, holandês) de um ficheiro de áudio.

Adaptável:

Directriz 1.3 Criar conteúdos que possam ser apresentados de diferentes maneiras (por ex., uma disposição mais simples) sem perder informação ou estrutura. Noções sobre a Directriz 1.3

Informações e Relações:

1.3.1 As informações, a estrutura e as relações transmitidas através de apresentação podem ser determinadas de forma programática ou estão disponíveis no texto. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.3.1

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.3.1 - Informações e Relações
Situação A: A tecnologia fornece uma estrutura semântica para transmitir as informações e as relações através de uma apresentação determinável de forma programática:
  1. G115: Utilizar elementos semânticos para marcar a estruturaEH49: Utilizar a marcação semântica para assinalar texto especial ou realçado (HTML)

  2. G117: Utilizar texto para transmitir informações que são transmitidas através de variações na apresentação do texto

  3. G140: Separar as informações e a estrutura da apresentação para permitir diferentes apresentações

  4. Transmitir informações e relações através da apresentação determinável de forma programática utilizando as seguintes técnicas:

Situação B: A tecnologia em utilização NÃO fornece a estrutura semântica para transmitir as informações e relações através de uma apresentação determinável de forma programática:
  1. G117: Utilizar texto para transmitir informações que são transmitidas através de variações na apresentação do texto

  2. Transmitir informações e relações através da apresentação determinável de forma programática ou disponível no texto, utilizando as seguintes técnicas:

Falhas Comuns para 1.3.1 - Informações e Relações

Sequência com Significação:

1.3.2 Quando a sequência na qual o conteúdo é apresentado afecta o seu significado, uma sequência de leitura correcta pode ser determinada de forma programática. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.3.2

Técnicas Adicionais para 1.3.2 - Sequência com Significação
  • Utilizar texto alinhado à esquerda para idiomas que são escritos da esquerda para a direita, e texto alinhado à direita para idiomas que são escritos da direita para a esquerda (futuro link)

  • Fornecer um link para apresentação linearizada (futuro link)

  • Fornecer um comutador de estilo entre as folhas de estilo que afectam a ordem da apresentação (futuro link)

Características Sensoriais:

1.3.3 As instruções fornecidas para compreender e utilizar o conteúdo não dependem somente das características sensoriais dos componentes, tais como forma, tamanho, localização visual, orientação ou som. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.3.3

Nota: Para obter os requisitos relacionados com a cor, consulte a Directriz 1.4.

Técnicas Adicionais para 1.3.3 - Características Sensoriais
  • Utilizar uma imagem com uma alternativa em texto para símbolos gráficos, em vez de um glifo de tipo de letra Unicode com o aspecto gráfico pretendido, mas com um significado diferente (futuro link)

Discernível:

Directriz 1.4 Facilitar a audição e a visualização de conteúdos aos utilizadores, incluindo a separação do primeiro plano e do plano de fundo. Noções sobre a Directriz 1.4

Utilização de Cores:

1.4.1 A cor não é utilizada como o único meio visual de transmitir informações, indicar uma acção, pedir uma resposta ou distinguir um elemento visual. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.1

Nota: Este critério de sucesso aborda especificamente a percepção da cor. Outras formas de percepção são abrangidas na Directriz 1.3, incluindo o acesso de forma programática à cor e a outra codificação de apresentação visual.

Técnicas Adicionais para 1.4.1 - Utilização de Cores

Controlo do Áudio:

1.4.2 Se um som numa página Web tocar automaticamente durante mais de 3 segundos, ou está disponível um mecanismo para fazer uma pausa ou parar o som, ou está disponível um mecanismo para controlar o volume do som, independentemente de todo o nível de volume do sistema. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.2

Nota: Uma vez que qualquer conteúdo que não cumpra este critério de sucesso pode interferir com a capacidade de um utilizador de utilizar toda a página, todo o conteúdo da página Web (quer seja ou não utilizado para cumprir outros critérios de sucesso) tem de cumprir este critério de sucesso. Consulte o Requisito de Conformidade 5: Não-Interferência.

Técnicas Adicionais para 1.4.2 - Controlo do Áudio
  • Fornecer uma preferência que abranja todo o sítio da Web para desligar o áudio e fornecer um controlo perto do início da página Web que desligue os sons que tocam automaticamente (futuro link)

Contraste (Mínimo):

1.4.3 A apresentação visual de texto e imagens de texto tem uma relação de contraste de, no mínimo, 4.5:1, excepto para o seguinte: (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.3

  • Texto Ampliado: Texto ampliado e as imagens compostas por texto ampliado têm uma relação de contraste de, no mínimo, 3:1;

  • Texto em plano Secundário: O texto ou imagens de texto que fazem parte de um componente de interface de utilizador inactivo, que são meramente decorativos, que não estão visíveis para ninguém, ou que são parte de uma imagem que inclui outro conteúdo visual significativo, não têm requisito de contraste.

  • Logótipos: O texto que faz parte de um logótipo ou marca comercial não tem requisito de contraste.

Técnicas Adicionais para 1.4.3 - Contraste (Mínimo)
  • G156: Utilizar uma tecnologia que disponha de agentes de utilizador normalmente disponíveis que possam alterar o primeiro plano e o fundo dos blocos de texto

  • Utilizar um valor de contraste mais elevado para texto que se encontre sobre um fundo com um padrão (futuro link)

  • Utilizar folhas de estilo e texto Unicode em vez de imagens de texto (futuro link)

  • Utilizar valores de contraste mais elevados para linhas em diagramas (futuro link)

  • Utilizar valores de contraste mais elevados para combinações de texto/fundo em vermelho-preto (futuro link)

  • Utilizar cores compostas essencialmente por componentes que se situem a meio do espectro de cores para o claro e extremos do espectro de cores (comprimento de ondas azuis e vermelhas) para o escuro

  • Utilizar um fundo bege em vez de um plano de fundo branco por detrás de texto a preto para criar um contraste suficiente mas não extremo (futuro link)

  • Criar ícones utilizando desenhos de linhas simples que cumpram as normas de contraste para texto (futuro link)

  • Fornecer um contraste de cores suficiente em gráficos e diagramas (futuro link)

  • Utilizar uma relação de contraste de 3:1 ou superior como a apresentação predefinida (futuro link)

  • Fornecer contraste de cores suficiente para campos de texto vazios (futuro link)

Redimensionar Texto:

1.4.4 Excepto para legendas e imagens de texto, o texto pode ser redimensionado sem tecnologia de apoio até 200 porcento sem perder conteúdo ou funcionalidade. (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.4

Técnicas Adicionais para 1.4.4 - Redimensionar Texto

Imagens de Texto:

1.4.5 Se as tecnologias que estiverem a ser utilizadas puderem proporcionar a apresentação visual, é utilizado texto para transmitir informações em vez de imagens de texto, excepto para o seguinte: (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.5

  • Personalizável: A imagem de texto pode ser visualmente personalizada de acordo com os requisitos de utilizador;

  • Essencial: Uma determinada apresentação de texto é essencial para as informações que estão a ser transmitidas.

Nota: Os logótipos (texto que faz parte de um logótipo ou marca comercial) são considerados essenciais.

Técnicas Adicionais para 1.4.5 - Imagens de Texto
Técnicas gerais para conteúdo não textual
  1. Identificar conteúdo informativo não textual (futuro link)

Técnicas CSS
  1. C12: Utilizar percentagens para tamanhos de letra (CSS)

  2. C13: Utilizar tamanhos de letra identificados (CSS)

  3. C14: Utilizar unidades 'em' para tamanhos de letra (CSS)

  4. C8: Utilizar letter-spacing CSS para controlar o espaçamento numa palavra (CSS)

  5. C6: Colocar conteúdo baseado em marcação estrutural (CSS)

  6. Evitar a aplicação de estilo de texto a caracteres de texto numa palavra (futuro link)

Contraste (Melhorado):

1.4.6 A apresentação visual do texto e imagens de texto tem uma relação de contraste de, no mínimo, 7:1, excepto para o seguinte: (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.6

  • Texto Ampliado: O texto ampliado e as imagens de texto ampliado têm uma relação de contraste de, no mínimo, 4.5:1;

  • Texto em plano Secundário: O texto ou as imagens de texto que fazem parte de um componente de interface de utilizador inactivo, que são meramente decorativos, que não estão visíveis para ninguém, ou que fazem parte de uma imagem que inclui outro conteúdo visual significativo, não têm requisito de contraste.

  • Logótipos: O texto que faz parte de um logótipo ou marca comercial não tem requisito de contraste mínimo.

Técnicas Adicionais para 1.4.6 - Contraste (Melhorado)
  • G156: Utilizar uma tecnologia que disponha de agentes de utilizador normalmente disponíveis que possam alterar o primeiro plano e o fundo dos blocos de texto

  • Utilizar um valor de contraste mais elevado para texto que se encontre sobre um fundo com um padrão (futuro link)

  • Utilizar folhas de estilo e texto Unicode em vez de imagens de texto (futuro link)

  • Utilizar valores de contraste mais elevados para linhas em diagramas (futuro link)

  • Utilizar valores de contraste mais elevados para combinações de texto/fundo em vermelho-preto (futuro link)

  • Utilizar cores compostas essencialmente por componentes que se situem a meio do espectro de cores para o claro e extremos do espectro de cores (comprimento de ondas azuis e vermelhas) para o escuro

  • Utilizar um fundo bege em vez de um fundo branco por detrás de texto a preto para criar um contraste suficiente mas não extremo (futuro link)

  • Criar ícones utilizando desenhos de linhas simples que cumpram as normas de contraste para texto (futuro link)

  • Fornecer um contraste de cores suficiente em gráficos e diagramas (futuro link)

  • Utilizar uma relação de contraste de 3:1 ou superior como a apresentação predefinida (futuro link)

  • Fornecer um contraste de cores suficiente para campos de texto vazios (futuro link)

Som Baixo ou Sem Som de Fundo:

1.4.7 Para conteúdo composto por apenas áudio| pré-gravado que (1) contenha, essencialmente, fala no fundo, ou seja, voz, (2) não seja um CAPTCHA de áudio ou logótipo de áudio, e (3) não seja vocalização com o objectivo de ser, essencialmente, expressão musical, tal como cantar ou fazer batidas, no mínimo, uma das seguintes afirmações é verdadeira: (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.7

  • Sem Música de Fundo: O áudio não contém sons de fundo.

  • Desligar: Os sons de fundo podem ser desligados.

  • 20 dB: Os sons de fundo têm, no mínimo, 20 decibéis a menos do que o conteúdo da voz de fundo, com a excepção de sons ocasionais que duram apenas um ou dois segundos.

Nota: De acordo com a definição de "decibel", o som de fundo que cumprir este requisito será, aproximadamente, quatro vezes mais baixo do que o conteúdo de voz de fundo.

Técnicas Adicionais para 1.4.7 - Som Baixo ou Sem Som de Fundo
  • Fornecer uma forma para que os utilizadores possam ajustar os níveis de audição de sons em primeiro plano e em plano de fundo de forma independente (futuro link)

Apresentação Visual:

1.4.8 Para a apresentação visual de blocos de texto, está disponível um mecanismo para se obter o seguinte: (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.8

  1. As cores do primeiro plano e do plano de fundo podem ser seleccionadas pelo utilizador.

  2. A largura não tem mais do que 80 caracteres ou glifos (40 se CJK).

  3. O texto não é justificado (alinhado às margens esquerda e direita).

  4. O espaçamento entre linhas (principal) tem, no mínimo, um espaço e meio nos parágrafos, e o espaçamento entre parágrafos é, no mínimo, 1,5 vezes maior do que o espaçamento entre linhas.

  5. O texto pode ser redimensionado sem tecnologia de apoio até 200 porcento, de um modo que o utilizador não necessita efectuar um varrimento horizontal para ler uma linha de texto numa janela em ecrã completo.

Técnicas de Tipo Suficiente para 1.4.8 - Apresentação Visual
Primeiro Requisito: Técnicas para garantir que as cores do primeiro plano e do plano de fundo possam ser seleccionadas pelo utilizador
  1. C23: Especificar, em CSS, as cores de texto e de fundo do conteúdo secundário tais como faixas, funcionalidades e navegação, mantendo inalteradas as cores de texto e de fundo do conteúdo principal (CSS) OU

  2. C25: Especificar contornos e layout em CSS para delinear áreas de uma página Web permanecendo as especificações de cores de texto e de plano de fundo inalteradas (CSS) OU

  3. G156: Utilizar uma tecnologia que disponha de agentes de utilizador normalmente disponíveis que possam alterar o primeiro plano e o fundo de blocos de texto OU

  4. G148: Não especificar a cor de fundo, não especificar a cor do texto e não utilizar funcionalidades de tecnologia que alterem essas predefinições OU

  5. G175: Fornecer uma ferramenta de selecção de várias cores na página para cores de primeiro plano e de plano de fundo

Segundo Requisito: Técnicas para garantir que a largura não tenha mais de 80 caracteres ou glifos (40 se CJK)
  1. H87: Não interferir com o refluxo de texto do agente de utilizador quando a janela de visualização é diminuída (HTML) OU

  2. C20: Utilizar medidas relativas para definir a largura das colunas, de modo a que as linhas possam ter, em média, 80 caracteres ou menos quando o browser for redimensionado (CSS)

Terceiro Requisito: Técnicas para garantir que o texto não seja justificado (alinhado às margens esquerda e direita)
  1. C19: Especificar o alinhamento à esquerda OU à direita em CSS (CSS) OU

  2. G172: Fornecer um mecanismo para remover toda a justificação do texto OU

  3. G169: Alinhar o texto apenas a um lado

Quarto Requisito: Técnicas para garantir que o espaçamento entre linhas seja, no mínimo, um espaço e meio nos parágrafos e que o espaçamento entre parágrafos seja, no mínimo, 1,5 vezes superior ao espaçamento entre linhas
  1. G188: Fornecer um botão na página para aumentar o espaçamento entre linhas e entre parágrafos OU

  2. C21: Especificar o espaçamento entre linhas em CSS (CSS)

Quinto Requisito: Técnicas para garantir que o texto possa ser redimensionado sem tecnologia de apoio até 200% e sem que o utilizador tenha de se deslocar horizontalmente para ler uma linha de texto numa janela de ecrã inteiro
  1. Não interferir com o refluxo de texto do agente de utilizador quando a janela de visualização é diminuída (Geral, Futuro Link) OU

  2. G146: Utilizar layout líquidoE utilizar medidas que sejam relativas a outras medidas no conteúdo, utilizando uma ou mais das seguintes técnicas:

  3. C26: Fornecer opções no conteúdo para mudar para uma disposição na qual o utilizador não tenha de se deslocar horizontalmente para ler uma linha de texto (CSS)

Técnicas Adicionais para 1.4.8 - Apresentação Visual
  • Utilizar um efeito hover para realçar um parágrafo, itens de lista ou células de tabela (HTML, CSS) (futuro link)

  • Apresentar o texto no tipo de letra sans serif ou fornecer um mecanismo para o efeito (CSS) (futuro link)

  • Utilizar listas verticais (com marca de item ou numeradas) em vez de listas em linha (futuro link)

  • Utilizar maiúsculas e minúsculas de acordo com as regras de ortografia no idioma do texto (futuro link)

  • Fornecer tipos de letra ampliados por predefinição (futuro link)

  • Evitar a utilização de texto em imagens não vectoriais (futuro link)

  • Evitar ajustar o tipo de letra para um tamanho mais pequeno do que a predefinição do agente de utilizador (futuro link)

  • Fornecer espaçamento suficiente entre colunas (futuro link)

  • Evitar texto alinhado ao centro (futuro link)

  • Evitar grandes quantidades de texto em itálico (futuro link)

  • Evitar a utilização excessiva de estilos diferentes em páginas individuais e em sítios da Web (futuro link)

  • Tornar os links visualmente distintos (futuro link)

  • Fornecer marcas de item expansíveis (futuro link)

  • Mostrar/Ocultar marcas de item (futuro link)

  • Colocar um espaço-'em' ou dois espaços após as frases (futuro link)

Imagens de Texto (Sem Excepção):

1.4.9 As imagens de texto só são utilizadas por questões meramente decorativas ou quando uma determinada apresentação de texto é essencial para a informação que está a ser transmitida. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.9

Nota: Os logótipos (texto que faz parte de um logótipo ou marca comercial) são considerados essenciais.

Técnicas Adicionais para 1.4.9 - Imagens de Texto (Sem Excepção)
Técnicas Gerais para Conteúdo Não Decorativo
  • Utilizar scripts do lado do servidor para redimensionar imagens de texto (futuro link)

Técnicas CSS

Acessível por Teclado:

Directriz 2.1 Fazer com que toda a funcionalidade fique disponível a partir do teclado. Noções sobre a Directriz 2.1

Teclado:

2.1.1 Toda a funcionalidade do conteúdo é operável através de uma interface de teclado sem requerer temporizações específicas para digitação individual, excepto quando a função subjacente requer entrada de dados que dependa da cadeia de movimento do utilizador e não apenas dos pontos finais. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.1.1

Nota 1: Esta excepção diz respeito à função subjacente, não à técnica de entrada de dados. Por exemplo, se utilizar escrita manual para introduzir texto, a técnica de entrada de dados (escrita manual) requer entrada de dados cadeia-dependente, mas a função subjacente (entrada de texto) não.

Nota 2: Isto não proíbe, e não deve desencorajar, a entrada de dados através do rato ou outros métodos de entrada de dados em adição à operação com o teclado.

Técnicas Adicionais para 2.1.1 - Teclado
  • Utilizar atributos role, state e value em XHTML, se pretender que os elementos estáticos sejam componentes da interface de utilizador interactivos (futuro link) E SCR29: Adicionar acções acessíveis por teclado a elementos HTML estáticos (Scripting)

  • Fornecer atalhos de teclado para controlos de formulário e links importantes (futuro link)

  • Utilizar combinações de letras exclusivas para começar cada item de uma lista (futuro link)

  • Escolher o manipulador de eventos mais abstracto (futuro link) (Scripting)

  • Utilizar o evento onactivate (futuro link) (Scripting)

  • Evitar a utilização de comandos de teclado comuns de agente de utilizador para outros fins (futuro link)

Sem Bloqueio do Teclado:

2.1.2 Se o foco do teclado puder ser movido para um componente da página utilizando uma interface de teclado, então o foco pode ser retirado desse componente utilizando apenas uma interface de teclado e, se for necessário mais do que as teclas de cursor ou de tabulação não modificadas ou outros métodos de saída, o utilizador é aconselhado sobre o método a utilizar para retirar o foco. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.1.2

Nota: Uma vez que qualquer conteúdo que não cumpra este critério de sucesso pode interferir com a capacidade de um utilizador de utilizar toda a página, todo o conteúdo da página Web (quer seja utilizado para cumprir outros critérios de sucesso ou não) tem de cumprir este critério de sucesso. Consulte o Requisito de Conformidade 5: Não-Interferência.

Técnicas de Tipo Suficiente para 2.1.2 - Sem Bloqueio do Teclado
  1. G21: Garantir que os utilizadores não ficam bloqueados no conteúdo

Teclado (Sem Excepção):

2.1.3 Toda a funcionalidade do conteúdo é operável através de uma interface de teclado sem requerer temporizações específicas para digitação individual. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.1.3

Técnicas de Tipo Suficiente para 2.1.3 - Teclado (Sem Excepção)
  1. Não existem técnicas adicionais para este Critério de Sucesso. Consulte as técnicas do Critério de Sucesso 2.1.1 . Se isso não for possível por existir um requisito para entrada de dados analógica e dependente do tempo, então não é possível cumprir este Critério de Sucesso no Nível AAA.

Tempo Suficiente:

Directriz 2.2 Fornecer tempo suficiente aos utilizadores para lerem e utilizarem o conteúdo. Noções sobre a Directriz 2.2

Ajustável por Temporização:

2.2.1 Para cada limite de tempo definido pelo conteúdo, no mínimo, uma das seguintes afirmações é verdadeira: (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.2.1

  • Desligar: O utilizador pode desligar o limite de tempo antes de o atingir; ou

  • Ajustar: O utilizador pode ajustar o limite de tempo antes de o atingir, acima de um grande intervalo que dure, no mínimo, dez vezes mais do que a predefinição; ou

  • Prolongar: O utilizador é avisado antes de o tempo expirar e tem, no mínimo, 20 segundos para prolongar o limite de tempo com uma simples acção (por exemplo, "pressionar a barra de espaços"), e o utilizador pode prolongar o limite de tempo, no mínimo, dez vezes; ou

  • Excepção em Tempo Real: O limite de tempo é uma parte necessária de um evento em tempo real (por exemplo, um leilão), e não é possível nenhuma alternativa ao limite de tempo; ou

  • Excepção Essencial: O limite de tempo é essencial e prolongá-lo iria invalidar a actividade; ou

  • Excepção de 20 Horas: O limite de tempo é superior a 20 horas.

Nota: Este critério de sucesso ajuda a garantir que os utilizadores possam executar tarefas sem alterações inesperadas no conteúdo ou contexto, que são resultado de um limite de tempo. Este critério de sucesso deve ser considerado em conjunto com o Critério de Sucesso 3.2.1, que impõe limites nas alterações de conteúdo ou contexto como resultado da acção do utilizador.

Técnicas Adicionais para 2.2.1 - Ajustável por Temporização
  • Utilizar um script para consultar o servidor e notificar um utilizador se existir um limite de tempo (futuro link) (Scripting)

Colocar em Pausa, Parar, Ocultar:

2.2.2 Para informações em movimento, em modo intermitente, em deslocamento ou em actualização automática, todas as seguintes afirmações são verdadeiras: (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.2.2

  • Em movimento, em modo intermitente, em deslocamento: Para quaisquer informações em movimento, em modo intermitente ou em deslocamento, que (1) sejam iniciadas automaticamente, (2) durem mais de cinco segundos, e (3) sejam apresentadas em paralelo com outro conteúdo, existe um mecanismo para o utilizador colocar em pausa, parar, ou ocultar as mesmas, a menos que o movimento, o modo intermitente ou o deslocamento façam parte de uma actividade, na qual sejam essenciais; e

  • Em actualização automática: Para quaisquer informações em actualização automática, que (1) sejam iniciadas automaticamente e (2) sejam apresentadas em paralelo com outro conteúdo, existe um mecanismo para o utilizador colocar em pausa, parar ou ocultar as mesmas, ou controlar a frequência da actualização, a menos que a actualização automática faça parte de uma actividade, na qual é essencial.

Nota 1: Para obter requisitos relacionados com conteúdo em modo intermitente ou em modo flash, consulte a Directriz 2.3.

Nota 2: Uma vez que qualquer conteúdo que não cumpra este critério de sucesso pode interferir com a capacidade de um utilizador de utilizar toda a página, todo o conteúdo da página Web (quer seja ou não utilizado para cumprir outros critérios de sucesso) tem de cumprir este critério de sucesso. Consulte o Requisito de Conformidade 5: Não-Interferência.

Nota 3: O conteúdo que é actualizado periodicamente pelo software ou que é transmitido ao agente de utilizador não tem obrigação de preservar ou apresentar as informações geradas ou recebidas entre o início de uma pausa e a continuação da apresentação, uma vez que tal pode não ser tecnicamente possível e, em muitas situações, pode ser enganador fazê-lo.

Nota 4: Uma animação que ocorra como parte de uma fase de pré-carregamento ou situação semelhante pode ser considerada essencial se a interacção não puder ocorrer durante essa fase para todos os utilizadores e se a não indicação do progresso puder confundir os utilizadores e levá-los a pensar que o conteúdo está bloqueado ou danificado.

Técnicas Adicionais para 2.2.2 - Colocar em Pausa, Parar, Ocultar
  • Fornecer um mecanismo para parar todo o conteúdo que está em modo intermitente numa página Web (futuro link)

  • Fornecer ao utilizador um meio para parar conteúdo em movimento, mesmo se este parar automaticamente dentro de 5 segundos (futuro link)

Sem Temporização:

2.2.3 A temporização não é uma parte essencial do evento ou da actividade apresentados pelo conteúdo, excepto para multimédia sincronizada não interactiva e eventos em tempo real. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.2.3

Técnicas de Tipo Suficiente para 2.2.3 - Sem Temporização
  1. G5: Permitir que os utilizadores executem uma actividade sem qualquer limite de tempo

Interrupções:

2.2.4 As interrupções podem ser adiadas ou suprimidas pelo utilizador, excepto interrupções que envolvam uma emergência. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.2.4

Nova Autenticação:

2.2.5 Quando uma sessão autenticada expira, o utilizador pode continuar a actividade sem perder dados após a nova autenticação. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.2.5

Técnicas de Tipo Suficiente para 2.2.5 - Nova Autenticação
  1. Fornecer opções para prosseguir sem perder os dados, utilizando uma das seguintes técnicas:

Ataques Epilépticos:

Directriz 2.3 Não criar conteúdo de uma forma conhecida por causar ataques epilépticos. Noções sobre a Directriz 2.3

Três Flashes ou Abaixo do Limite:

2.3.1 As páginas Web não incluem qualquer conteúdo com mais de três flashes no período de um segundo, ou o flash encontra-se abaixo dos limites de flash universal e flash vermelho. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.3.1

Nota: Uma vez que qualquer conteúdo que não cumpra este critério de sucesso pode interferir com a capacidade de um utilizador de utilizar toda a página, todo o conteúdo da página Web (quer seja ou não utilizado para cumprir outros critérios de sucesso) tem de cumprir este critério de sucesso. Consulte o Requisito de Conformidade 5: Não-Interferência.

Técnicas Adicionais para 2.3.1 - Três Flashes ou Abaixo do Limite
  • Reduzir o contraste para qualquer conteúdo em modo flash (futuro link)

  • Evitar vermelhos muito intensos para qualquer conteúdo em modo flash (futuro link)

  • Reduzir o número de flashes mesmo que não violem os limites (futuro link)

  • Fornecer um mecanismo para suprimir qualquer conteúdo em modo flash antes de ser iniciado (futuro link)

  • Reduzir a velocidade do conteúdo em directo para evitar flashes contínuos (tal como em lâmpadas de flash) (futuro link)

  • Fixar a imagem momentaneamente se forem detectados 3 flashes no período de um segundo (futuro link)

  • Diminuir a relação de contraste se forem detectados 3 flashes no período de um segundo (futuro link)

Três Flashes:

2.3.2 As páginas Web não incluem qualquer conteúdo com mais de três flashes no período de um segundo. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 2.3.2

Técnicas Adicionais para 2.3.2 - Três Flashes
  • Reduzir o contraste para qualquer conteúdo em modo flash (futuro link)

  • Evitar vermelhos muito intensos para qualquer conteúdo em modo flash (futuro link)

  • Reduzir o número de flashes mesmo que não violem os limites (futuro link)

  • Reduzir a velocidade do conteúdo em directo para evitar flashes contínuos (tal como em lâmpadas de flash) (futuro link)

  • Fixar a imagem momentaneamente se forem detectados 3 flashes no período de um segundo (futuro link)

  • Diminuir a relação de contraste se forem detectados 3 flashes no período de um segundo (futuro link)

Directriz 2.4 Fornecer formas de ajudar os utilizadores a navegar, localizar conteúdos e determinar o local em que se encontram. Noções sobre a Directriz 2.4

  • Fornecer acesso por teclado a links importantes e controlos de formulário (futuro link)

  • Fornecer links para melhorar a navegação na página (futuro link)

  • Fornecer teclas de acesso (futuro link)

  • Utilizar tecnologias suportadas por acessibilidade que permitam a navegação estruturada por agentes de utilizador e tecnologias de apoio (futuro link)

  • C6: Colocar conteúdo baseado em marcação estrutural (CSS)

  1. G88: Fornecer títulos descritivos para páginas WebE associar um título a uma página Web utilizando uma das seguintes técnicas:

  • Fornecer um mecanismo de realce de alta visibilidade para links ou controlos quando estes recebem o foco do teclado (futuro link)

  • Criar ordens de apresentação alternativas (futuro link)

  1. G91: Fornecer texto de link que descreva a finalidade de um link

  2. Permitir que o utilizador escolha texto do link curto ou longo utilizando uma das seguintes técnicas específicas da tecnologia:

  3. G53: Identificar a finalidade de um link utilizando o texto do link em conjunto com o texto da respectiva frase

  4. Fornecer uma descrição adicional da finalidade de um link utilizando uma das seguintes técnicas:

  5. Identificar a finalidade de um link utilizando o texto do link em conjunto com o contexto do link determinado de forma programática, utilizando uma das seguintes técnicas:

  1. G130: Fornecer cabeçalhos descritivos

  2. G131: Fornecer etiquetas descritivas

  • Utilizar cabeçalhos de secção exclusivos numa página Web (futuro link)

  • Iniciar os cabeçalhos de secção com informação exclusiva (futuro link)

  • Realçar um link ou controlo quando o rato fica suspenso sobre o mesmo (futuro link)

  • Fornecer um mecanismo de realce de alta visibilidade para links ou controlos quando estes recebem o foco do teclado (futuro link)

  • Fornecer um link para a página inicial ou página principal (futuro link)

  • Fornecer uma versão de leitura fácil de informações sobre a organização de um conjunto de páginas Web

  • Fornecer uma versão em língua gestual de informações sobre a organização de um conjunto de páginas Web (futuro link)

  • Fornecer um resumo de leitura fácil no início de cada secção de conteúdo (futuro link)

  1. G91: Fornecer texto de link que descreva a finalidade de um link utilizando uma das seguintes técnicas:

  2. Permitir ao utilizador escolher entre texto de link curto ou longo utilizando uma das seguintes técnicas:

  3. Fornecer uma descrição suplementar da finalidade de um link utilizando uma das seguintes técnicas:

  1. G141: Organizar uma página utilizando cabeçalhos

  • Utilizar a propriedade 'live' para marcar áreas em directo (futuro link) (ARIA)

  • Fornecer mecanismos para navegar para diferentes secções do conteúdo de uma página Web (futuro link)

Legível:

Directriz 3.1 Tornar o conteúdo de texto legível e compreensível. Noções sobre a Directriz 3.1

Técnicas de Tipo Suficiente para 3.1.1 - Idioma da Página
  1. Identificar idiomas humanos predefinidos utilizando uma das seguintes técnicas:

Técnicas Adicionais para 3.1.1 - Idioma da Página
  • Especificar o idioma predefinido no cabeçalho HTTP (futuro link)

  • Utilizar http ou o meta tag Conteúdo-Idioma para metadados (futuro link)

Idioma de Partes:

3.1.2 O idioma humano de cada passagem ou frase do conteúdo pode ser determinado de forma programática, excepto para os nomes próprios, os termos técnicos, palavras de idioma indeterminado e palavras ou frases que se tornaram parte do vernáculo do texto imediatamente circundante. (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.1.2

Técnicas de Tipo Suficiente para 3.1.2 - Idioma de Partes
  1. Identificar alterações nos idiomas humanos utilizando uma das seguintes técnicas:

Técnicas Adicionais para 3.1.2 - Idioma de Partes
  • Tornar texto que não está no idioma humano predefinido da página Web visualmente distinto (futuro link)

  • Fornecer os nomes de todos os idiomas utilizados em passagens ou frases estrangeiras (futuro link)

  • Fornecer marcação do idioma nos nomes próprios para facilitar a pronúncia correcta por parte dos leitores de ecrã (futuro link)

Palavras Invulgares:

3.1.3 Está disponível um mecanismo para identificar definições específicas de palavras ou expressões utilizadas de uma forma restrita e invulgar, incluindo expressões idiomáticas e jargão. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.1.3

Técnicas de Tipo Suficiente para 3.1.3 - Palavras Invulgares
Situação A: Se a palavra ou a frase tiverem um único significado na página Web:
  1. G101: Fornecer a definição de uma palavra ou frase utilizadas de uma forma invulgar ou restrita para a primeira ocorrência da palavra ou frase numa página Web utilizando uma das seguintes técnicas:

  2. G101: Fornecer a definição de uma palavra ou frase utilizadas de uma forma invulgar ou restrita para cada ocorrência da palavra ou frase numa página Web utilizando uma das seguintes técnicas:

Situação B: Se a palavra ou frase tiverem significados diferentes na mesma página Web:
  1. G101: Fornecer a definição de uma palavra ou frase utilizadas de uma forma invulgar ou restrita para cada ocorrência da palavra ou frase numa página Web utilizando uma das seguintes técnicas:

Técnicas Adicionais para 3.1.3 - Palavras Invulgares
  • Utilizar a marcação e a formatação visual para ajudar os utilizadores a reconhecer palavras que têm um significado especial (futuro link)

  • Fornecer uma procura de dicionário activada por voz para que os utilizadores com dificuldade em digitar ou escrever possam dizer a palavra cuja definição necessitam (futuro link)

  • Fornecer um dicionário de língua gestual para ajudar os utilizadores que são surdos a encontrar as definições necessárias (futuro link)

  • Fornecer um mecanismo para encontrar definições para todas as palavras no conteúdo de texto (futuro link)

  • Fornecer um mecanismo para determinar o significado de cada palavra ou frase no conteúdo de texto (futuro link)

  • Evitar palavras estrangeiras invulgares (futuro link)

  • Utilizar uma série de dicionários em cascata para fornecer os significados (futuro link)

Abreviaturas:

3.1.4 Está disponível um mecanismo para identificar a forma completa ou o significado das abreviaturas. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.1.4

Técnicas Adicionais para 3.1.4 - Abreviaturas
  • Utilizar abreviaturas exclusivas numa página Web (futuro link)

  • Utilizar formatação visual para ajudar os utilizadores a reconhecer abreviaturas (futuro link)

  • Fornecer acesso a um dicionário com suporte de voz para ajudar os utilizadores que possam ter dificuldade em descodificar definições por escrito (futuro link)

  • Fornecer uma procura de dicionário activada por voz para que os utilizadores com dificuldade em digitar ou escrever possam dizer a palavra cuja definição necessitam (futuro link)

Nível de Leitura:

3.1.5 Quando o texto exigir uma capacidade de leitura mais avançada do que o terceiro ciclo do ensino básico após a remoção dos nomes e títulos adequados, está disponível conteúdo suplementar, ou uma versão que não exija uma capacidade de leitura mais avançada do que o terceiro ciclo do ensino básico. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.1.5

Técnicas Adicionais para 3.1.5 - Nível de Leitura
  • Fornecer texto para páginas de navegação e de destino que necessitem de uma capacidade de leitura menos avançada do que o terceiro ciclo do ensino básico (futuro link)

  • Fornecer texto para páginas interiores que necessitem de uma capacidade de leitura ao nível do terceiro ciclo do ensino básico (futuro link)

  • Incluir resumos de conteúdo em metadados (futuro link)

  • Utilizar a linguagem mais clara e simples para o conteúdo (futuro link)

  • Utilizar RDF para associar suplementos ao conteúdo principal (futuro link)

  • Fornecer uma imagem de representação clara na página inicial do sítio da Web (futuro link)

  • Assinalar claramente, utilizando texto ou um ícone, o conteúdo que foi optimizado para uma leitura fácil (futuro link)

  • Utilizar frases que não incluam palavras redundantes, ou seja, palavras que não alterem o significado da frase (futuro link)

  • Utilizar frases que não incluam mais de duas conjunções (futuro link)

  • Utilizar frases que não sejam mais longas do que o comprimento normalmente aceite para o ensino secundário (Nota: Em inglês são 25 palavras) (futuro link)

  • Utilizar frases que não incluam palavras ou expressões complexas que possam ser substituídas por palavras mais comuns sem alterar o significado da frase (futuro link)

  • Fornecer resumos para diferentes secções de texto (futuro link)

  • Utilizar metadados para associar alternativas em diferentes níveis de leitura (futuro link)

  • Utilizar o elemento de acessibilidade Dublin Core para associar conteúdo de texto a suplementos de texto, gráficos ou falados (futuro link)

  • Utilizar o elemento de acessibilidade ISO AfA para associar conteúdo de texto a suplementos de texto, gráficos ou falados (futuro link)

  • Utilizar o elemento de acessibilidade IMS para associar conteúdo de texto a suplementos de texto, gráficos ou falados (futuro link)

  • Tornar os metadados visíveis aos humanos (futuro link)

    • EXEMPLO: Fornecer, em metadados, URI(s) que apontem para uma transcrição de texto de nível de leitura do ensino pré-primário e do primeiro ciclo do ensino básico de um artigo de nível de leitura avançado de uma nova descoberta científica.

Pronúncia:

3.1.6 Está disponível um mecanismo para identificar a pronúncia específica de palavras, em que o significado das mesmas, em contexto, seja ambíguo caso não se conheça a pronúncia. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.1.6

Técnicas de Tipo Suficiente para 3.1.6 - Pronúncia
  1. G120: Fornecer a pronúncia imediatamente a seguir à palavra

  2. G121: Aceder às pronúncias através de um link

  3. G62: Fornecer um glossário que inclua as informações sobre a pronúncia para palavras que tenham uma única pronúncia no conteúdo e o seu significado dependa da pronúncia

  4. Fornecer informações sobre a pronúncia utilizando uma das técnicas de tecnologia específica abaixo

Técnicas Adicionais para 3.1.6 - Pronúncia
  • Fornecer pronúncias num ficheiro de som, para que os utilizadores possam ouvir as pronúncias de uma palavra (futuro link)

  • Fornecer um mecanismo para encontrar as pronúncias de todas as palavras estrangeiras no conteúdo de texto (futuro link)

  • Fornecer um mecanismo para determinar as pronúncias de cada palavra ou frase no conteúdo de texto (futuro link)

Previsível:

Directriz 3.2 Fazer com que as páginas Web surjam e funcionem de forma previsível. Noções sobre a Directriz 3.2

Em Foco:

3.2.1 Quando um componente recebe o foco, não inicia uma alteração de contexto. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.2.1

Técnicas Adicionais para 3.2.1 - Em Foco
  • Não provocar alterações persistentes de estado ou valor quando um componente recebe foco, ou fornecer um meio alternativo para repor quaisquer alterações (futuro link)

  • Abrir novas janelas apenas quando for mais vantajoso de uma perspectiva de acessibilidade (futuro link)

  • Fornecer um pré-aviso aos utilizadores quando abrirem uma nova janela (futuro link)

Em Entrada:

3.2.2 Alterar a definição de um componente da interface de utilizador não provoca, automaticamente, uma alteração de contexto, a menos que o utilizador tenha sido avisado sobre essa situação antes de utilizar o componente. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.2.2

Técnicas Adicionais para 3.2.2 - Em Entrada
  • Fornecer um pré-aviso aos utilizadores quando abrirem uma nova janela (futuro link)

Navegação Consistente:

3.2.3 Os mecanismos de navegação que são repetidos em várias páginas Web num conjunto de páginas Web ocorrem pela mesma ordem relativa de cada vez que são repetidos, a menos que seja iniciada uma alteração pelo utilizador. (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.2.3

Técnicas de Tipo Suficiente para 3.2.3 - Navegação Consistente
  1. G61: Apresentar componentes repetidos pela mesma ordem relativa sempre que são apresentados

Técnicas Adicionais para 3.2.3 - Navegação Consistente
  • Utilizar modelos para garantir a consistência em várias páginas Web (futuro link)

  • Criar disposição, posicionamento, camadas e alinhamento (futuro link)

Identificação Consistente:

3.2.4 Os componentes que têm a mesma funcionalidade num conjunto de páginas Web são identificados de forma consistente. (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.2.4

Técnicas Adicionais para 3.2.4 - Identificação Consistente
  • Garantir que a alternativa em texto transmite a função do componente e o que irá acontecer quando o utilizador o activar (futuro link)

  • Utilizar o mesmo conteúdo não textual para uma determinada função sempre que possível (futuro link)

Alteração a Pedido:

3.2.5 As alterações de contexto são iniciadas apenas a pedido do utilizador, ou está disponível um mecanismo para desactivar essas alterações. (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.2.5

Técnicas de Tipo Suficiente para 3.2.5 - Alteração a Pedido
Situação A: Se a página Web permitir actualizações automáticas:
  1. G76: Fornecer um mecanismo para solicitar uma actualização do conteúdo em vez de actualizar automaticamente

Situação B: Se forem possíveis redireccionamentos automáticos:
  1. SVR1: Implementar redireccionamentos automáticos no lado do servidor em vez de no lado do cliente (SERVIDOR)

  2. G110: Utilizar um redireccionamento imediato do lado do cliente utilizando uma das seguintes técnicas:

Situação C: Se a página Web utilizar janelas de pop-up:
  1. Incluindo janelas de pop-up utilizando uma das seguintes técnicas:

Situação D: Se utilizar um evento onchange num elemento select:
  1. SCR19: Utilizar um evento onchange num elemento select sem provocar uma alteração de contexto (Scripting)

Técnicas Adicionais para 3.2.5 - Alteração a Pedido
  • Abrir novas janelas fornecendo hiperligações normais sem o atributo target (futuro link), uma vez que vários agentes de utilizador permitem que os utilizadores abram links noutra janela ou separador.

  • Abrir novas janelas apenas quando for mais vantajoso de uma perspectiva de acessibilidade (futuro link)

Assistência de Entrada:

Directriz 3.3 Ajudar os utilizadores a evitar e corrigir erros. Noções sobre a Directriz 3.3

Identificação de Erros:

3.3.1 Se um erro de entrada for automaticamente detectado, o item que apresenta erro é identificado e o erro é descrito ao utilizador por texto. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.3.1

Técnicas Adicionais para 3.3.1 - Identificação de Erros

Etiquetas ou Instruções:

3.3.2 As etiquetas ou instruções são fornecidas quando o conteúdo exigir a entrada de dados por parte do utilizador. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.3.2

Sugestão de Erro:

3.3.3 Se um erro de entrada for automaticamente detectado e forem conhecidas sugestões de correcção, então as sugestões são fornecidas ao utilizador, a menos que ponham em perigo a segurança da finalidade do conteúdo. (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.3.3

Técnicas Adicionais para 3.3.3 - Sugestão de Erro
  • G139: Criar um mecanismo que permita aos utilizadores passarem directamente para os erros

  • Tornar as mensagens de erro fáceis de compreender e distintas de outro texto na página Web (futuro link)

  • Validar a submissão de formulários no servidor (futuro link)

  • Quando a informação obrigatória não tiver sido fornecida, incluindo as descrições ou exemplos de informação correcta, para além de identificar o campo como sendo obrigatório (futuro link)

  • Repetir e realçar as sugestões para corrigir cada erro de entrada no contexto do seu campo de formulário (futuro link)

  • Fornecer um meio para o utilizador passar de cada item de uma lista de sugestões para o seu campo de formulário correspondente (futuro link)

  • Fornecer ajuda contextual adicional para o campo de formulário que requer alteração (futuro link)

  • Aceitar dados de entrada em vários formatos (futuro link)

  • G199: Fornecer uma resposta positiva quando os dados forem submetidos com êxito

Técnicas para fornecer sugestões ao utilizador (de tipo aconselhada)
  • Fornecer uma descrição em texto que contenha informação sobre o número de erros de entrada, sugestões de correcção para cada item e instruções sobre o procedimento (futuro link)

  • Fornecer uma descrição em texto que contenha sugestões de correcção como primeiro item (ou um dos primeiros itens) do conteúdo ou realçar esta informação no conteúdo (futuro link)

  • Apresentar os erros e as sugestões no contexto do formulário original (por exemplo, apresentar novamente um formulário em que os erros de entrada e as sugestões de correcção são realçadas e apresentadas no contexto do formulário original) (futuro link)

Técnicas em HTML (de tipo aconselhada)
  • Fornecer "exemplos correctos" de dados e formatos de dados como texto inicial em campos de formulário obrigatórios (futuro link)

  • Fornecer links para o texto da correcção sugerida "junto a" campos de formulário, ou fornecer o próprio texto da correcção sugerida directamente na página Web "junto a" campos de formulário (futuro link)

Técnicas de Scripting do Lado do Cliente (de tipo aconselhada)
  • SCR18: Fornecer validação e alertas do lado do cliente (Scripting)

  • Fornecer validação do lado do cliente e acrescentar texto de erro através do DOM (futuro link)

  • Chamar uma função a partir da acção de submissão de um formulário para efectuar a validação do lado do cliente (futuro link)

Técnicas ARIA (de tipo aconselhada)

Prevenção de Erros (Legais, Financeiros, Dados):

3.3.4 Para páginas Web que façam com que ocorram responsabilidades jurídicas ou transacções financeiras para o utilizador, que modificam ou eliminam dados controláveis pelo utilizador em sistemas de armazenamento de dados, ou que submetam respostas de teste do utilizador, no mínimo, uma das seguintes afirmações é verdadeira: (Nível AA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.3.4

  1. Reversível: As submissões são reversíveis.

  2. Verificado: Os dados introduzidos pelo utilizador são verificados relativamente à existência de erros de entrada e é facultada uma oportunidade ao utilizador de os corrigir.

  3. Confirmado: Está disponível um mecanismo para rever, confirmar e corrigir as informações antes de finalizar a submissão.

Técnicas Adicionais para 3.3.4 - Prevenção de Erros (Legais, Financeiros, Dados)
Técnicas Adicionais para 3.3.5 - Ajuda

Prevenção de Erros (Todos):

3.3.6 Para páginas Web que exijam que o utilizador submeta informações, no mínimo, uma das seguintes afirmações é verdadeira: (Nível AAA)Noções sobre o Critério de Sucesso 3.3.6

  1. Reversível: As submissões são reversíveis.

  2. Verificado: Os dados introduzidos pelo utilizador são verificados relativamente à existência de erros de entrada e é facultada uma oportunidade ao utilizador de os corrigir.

  3. Confirmado: Está disponível um mecanismo para rever, confirmar e corrigir as informações antes de finalizar a submissão.

Técnicas de Tipo Suficiente para 3.3.6 - Prevenção de Erros (Todos)
  1. Seguir as técnicas de tipo suficiente para o Critério de Sucesso 3.3.4 para todos os formulários que exijam que o utilizador submeta informação.

Compatível:

Directriz 4.1 Maximizar a compatibilidade com actuais e futuros agentes de utilizador, incluindo tecnologias de apoio. Noções sobre a Directriz 4.1

Análise Gramatical:

4.1.1 No conteúdo implementado utilizando linguagens de marcação, os elementos dispõem de marcas de início e de fim completas, os elementos estão encaixados de acordo com as respectivas especificações, os elementos não contêm atributos duplicados, e todos os IDs são exclusivos, excepto quando as especificações permitem estas características. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 4.1.1

Nota: As marcas de início e de fim que não têm um carácter crucial na respectiva formação, tal como um parêntese angular de fecho ou aspas com um valor de atributo incompatível, não estão completas.

Nome, Função, Valor:

4.1.2 Para todos os componentes da interface de utilizador (incluindo, mas não se limitando a: elementos de formulário, links e componentes gerados por scripts), o nome e a função podem ser determinados de forma programática; os estados, as propriedades e os valores que podem ser definidos pelo utilizador podem ser definidos de forma programática; e a notificação sobre alterações a estes itens está disponível para agentes de utilizador, incluindo tecnologias de apoio. (Nível A)Noções sobre o Critério de Sucesso 4.1.2

Nota: Este critério de sucesso destina-se, essencialmente, a criadores da Web que desenvolvem ou criam os seus próprios componentes da interface de utilizador. Por exemplo, os controlos HTML normais já cumprem este critério de sucesso quando utilizados de acordo com a especificação.

Técnicas de Tipo Suficiente para 4.1.2 - Nome, Função, Valor
Situação A: Se utilizar um componente de interface de utilizador normal numa linguagem de marcação (por ex., HTML):
  1. G108: Utilizar funcionalidades de marcação para revelar o nome e a função, permitir que as propriedades definidas pelo utilizador possam ser directamente definidas e fornecer notificações de alterações utilizando as técnicas específicas da tecnologia abaixo:

Situação B: Se utilizar script ou código para atribuir uma nova finalidade a um componente da interface de utilizador normal numa linguagem de marcação:
  1. Revelar os nomes e as funções, permitindo que as propriedades definidas pelo utilizador possam ser directamente definidas e fornecer notificações de alterações utilizando uma das seguintes técnicas:

Situação C: Se utilizar um componente da interface de utilizador normal numa tecnologia de programação:
  1. G135: Utilizar as funcionalidades API de acessibilidade de uma tecnologia para revelar os nomes e as funções, permitir que as propriedades definidas pelo utilizador possam ser directamente definidas e fornecer notificações de alterações

Situação D: Se criar o seu próprio componente da interface de utilizador numa linguagem de programação:
  1. G10: Criar componentes utilizando uma tecnologia que suporte as funcionalidades API de acessibilidade das plataformas nas quais os agentes de utilizador irão ser executados para revelar os nomes e as funções, permitir que as propriedades definidas pelo utilizador possam ser directamente definidas e fornecer notificações de alterações

Técnicas Adicionais para 4.1.2 - Nome, Função, Valor
  • Fornecer etiquetas para todos os controlos de formulário que não dispõem de etiquetas implícitas (futuro link)

Requisitos de Conformidade (Escondidos)

[Mostrar Requisitos de Conformidade]