Técnicas para as WCAG 2.0

Ir para o conteúdo (Pressione a tecla Enter)

-

H88: Utilizar HTML de acordo com as especificações

Aplicabilidade

HTML e XHTML.

Esta técnica está relacionada com:

Descrição

O objectivo desta técnica é utilizar o HTML e o XHTML de acordo com as respectivas especificações. As especificações da tecnologia definem o significado e a utilização correcta das funcionalidades da tecnologia. A utilização dessas funcionalidades da forma descrita pela especificação garante que os agentes de utilizador, incluindo as tecnologias de apoio, serão capazes de mostrar representações da funcionalidade fiéis à intenção do autor e interoperáveis entre si.

Quando esta técnica foi publicada, as versões apropriadas destas tecnologias eram HTML 4.01 e XHTML 1.0. O HTML 4.01 é a versão aperfeiçoada mais recente do HTML, que fornece funcionalidades de acessibilidade específicas e é largamente suportada pelos agentes de utilizador. O XHTML 1.0 fornece as mesmas funcionalidades do HTML 4.01, com a excepção de que utiliza uma estrutura XML, que tem uma sintaxe mais precisa do que a estrutura HTML. Actualmente, as versões mais recentes destas tecnologias não são aperfeiçoadas e/ou não são largamente suportadas pelos agentes de utilizador.

Existem alguns aspectos principais relativamente à utilização de HTML e XHTML de acordo com a respectiva especificação.

  1. Utilizar apenas funcionalidades que estejam definidas na especificação. O HTML define conjuntos de elementos, atributos e valores de atributo que podem ser utilizados nas páginas Web. Estas funcionalidades têm significados semânticos específicos e destinam-se a ser processadas pelos agentes de utilizador de formas específicas. Contudo, as funcionalidades adicionais tornam-se, por vezes, numa prática comum de autor e, normalmente, são suportadas no início apenas por um agente de utilizador. Quando são utilizadas funcionalidades que não se encontram na especificação, muitos agentes de utilizador podem não suportar a funcionalidade durante um tempo ou não suportá-la de todo. Além disso, se não existirem especificações de referência para a utilização destas funcionalidades, diferentes agentes de utilizador podem fornecer um suporte variado. Isto interfere com a acessibilidade, uma vez que as tecnologias de apoio desenvolvidas com menos recursos do que os agentes de utilizador convencionais podem demorar muito tempo a adicionar um suporte útil, ou nunca chegar a adicioná-lo. Por conseguinte, os autores devem evitar funcionalidades não definidas em HTML e XHTML para prevenir problemas de acessibilidade inesperados.

  2. Utilizar funcionalidades da forma determinada pela especificação. A especificação HTML fornece orientações específicas sobre como determinados elementos, atributos e valores de atributo devem ser processados e compreendidos de forma semântica. Contudo, os autores utilizam, por vezes, as funcionalidades de uma forma que não é suportada pela especificação, por exemplo, utilizando elementos semantic para obter efeitos visuais sem planear a mensagem semântica subjacente a ser transmitida. Isto origina confusão para os agentes de utilizador e tecnologias de apoio que dependem de informações de semântica correctas para mostrar uma representação coerente da página. É importante utilizar funcionalidades HTML apenas conforme indicado na especificação HTML.

  3. Certificar-se de que o conteúdo pode ser analisado. O HTML e o XHTML também definem como o conteúdo deve ser codificado para ser correctamente processado pelos agentes de utilizador. As regras sobre a estrutura das marcas de início e de fim, os atributos e valores, o encaixe de elementos, etc. garantem que os agentes de utilizador irão analisar o conteúdo de forma a alcançar a representação pretendida do documento. O cumprimento das regras sobre a estrutura nestas especificações é uma parte importante na utilização destas tecnologias de acordo com a especificação.

Recursos

Os recursos são indicados apenas a título informativo, não implica que tenham sido aprovados.

Consulte a secção de recursos de G134: Validar páginas Web.

Testes

Procedimento

Para cada página HTML ou XHTML:

  1. Verifique se a página só utiliza elementos, atributos e valores de atributo definidos na especificação aplicável.

  2. Verifique se os elementos, atributos e valores são utilizados da forma determinada pela especificação aplicável.

  3. Verifique se a página pode ser analisada correctamente, de acordo com as regras da especificação aplicável.

Nota: Os passos 1 e 3 são mais facilmente executados com ferramentas de validação de páginas. O passo 2 pode ser executado com a ajuda de ferramentas de avaliação heurística, embora, normalmente, seja necessária a avaliação manual.

Resultados Esperados