Noções sobre as WCAG 2.0

Ir para o conteúdo (Pressione a tecla Enter)

Apresentação Visual:
Noções sobre o CS 1.4.8

1.4.8 Apresentação Visual: Para a apresentação visual de blocos de texto, está disponível um mecanismo para se obter o seguinte: (Nível AAA)

  1. As cores do primeiro plano e do plano de fundo podem ser seleccionadas pelo utilizador.

  2. A largura não tem mais do que 80 caracteres ou glifos (40 se CJK).

  3. O texto não é justificado (alinhado às margens esquerda e direita).

  4. O espaçamento entre linhas (principal) tem, no mínimo, um espaço e meio nos parágrafos, e o espaçamento entre parágrafos é, no mínimo, 1,5 vezes maior do que o espaçamento entre linhas.

  5. O texto pode ser redimensionado sem tecnologia de apoio até 200%, de modo a que o utilizador não tenha de se deslocar horizontalmente para ler uma linha de texto numa janela em ecrã completo..

Finalidade deste Critério de Sucesso

A finalidade deste Critério de Sucesso é garantir que a arrumação visual do texto é apresentade de tal forma que pode ser compreendido sem que o layout interfira com a legibilidade. As pessoas com algumas incapacidades cognitivas, de linguagem e de aprendizagem, e alguns utilizadores com baixa visão não conseguem compreender o texto e/ou perdem o seu contexto de leitura se o texto for apresentado de um modo que seja para eles difícil de ler.

As pessoas com algumas incapacidades visuais ou cognitivas necessitam de seleccionar a cor do texto e a cor de fundo. Por vezes, seleccionam combinações que não parecem ser intuitivas para pessoas sem essas incapacidades. Por vezes, essas combinações têm um contraste muito baixo e, por outras, apenas funcionam combinações de cor muito específicas. O controlo da cor ou de outros aspectos de apresentação de texto faz uma grande diferença para a compreensão.

Para as pessoas com algumas incapacidades de leitura ou de visão, as linhas de texto muito extensas podem constituir uma enorme barreira. Terão dificuldades em fixar a sua posição de leitura no texto e de seguir o encadeamento do mesmo. Um bloco de texto mais curto facilita a passagem para a próxima linha num bloco. As linhas não devem exceder 80 caracteres ou glifos (40 se CJK), em que os glifos são o elemento de escrita no sistema de escrita do texto. Estudos revelam que os caracteres chineses, japoneses e coreanos (CJK) são, aproximadamente, duas vezes mais extensos que os caracteres não CJK, quando ambos os tipos de caracteres são apresentados com características que permitem a mesma legibilidade. Assim, a largura máxima de linha para caracteres CJK é metade da largura para caracteres não CJK.

As pessoas com algumas incapacidades cognitivas acham difícil acompanhar texto com linhas próximas umas das outras. Fornecer espaço adicional entre linhas e parágrafos facilita a passagem para a linha seguinte e permite-lhes reconhecer quando chegam ao fim de um parágrafo. É preferível se existirem várias opções diferentes para o espaçamento entre linhas, por exemplo, espaço e meio e duplo espaço. Espaço e meio entre parágrafos significa que o topo de uma linha está 150% mais distante do topo da linha seguinte do que se o texto tivesse “espaçamento simples” (o espaçamento predefinido para o tipo de letra). Espaçamento entre parágrafos 1,5 vezes superior ao espaçamento entre linhas significa que o espaçamento do topo da última linha de um parágrafo está 250% mais distante do topo da primeira linha do parágrafo seguinte (i.e., existe uma linha em branco entre os dois parágrafos que está a 150% de distância da linha em branco a espaço simples).

As pessoas com algumas incapacidades cognitivas têm problemas em ler textos justificados à direita e à esquerda. O espaçamento desigual entre as palavras em textos totalmente justificados pode causar "espaços entre palavras" ao longo da página, dificultando a leitura e, em alguns casos, tornando-a impossível. A justificação do texto pode também fazer com que as palavras fiquem com pouco espaçamento entre elas, tornando difícil a localização de fronteiras de palavras.

A norma de redimensionamento garante que o texto apresentado visualmente (caracteres de texto que tenham sido apresentados para que possam ser visualizados [em oposição a caracteres de texto que ainda se encontrem em formato de dados, tais como ASCII]) possa ser ajustado com sucesso, sem que o utilizador tenha de se deslocar horizontalmente para visualizar todo o conteúdo. Quando o autor assim o permitir, diz-se que o conteúdo “reflui”. Isto permite que as pessoas com baixa visão e com incapacidades cognitivas aumentem o tamanho do texto sem ficarem desorientadas.

O ajuste do conteúdo é, em primeiro lugar, uma responsabilidade do agente de utilizador. Os agentes de utilizador que cumprem o Ponto de Verificação 4.1 das UAAG 1.0 permitem aos utilizadores configurar o tamanho do texto. A responsabilidade do autor é criar conteúdos da Web que não impeçam o agente de utilizador de ajustar o conteúdo e que permita o refluxo do conteúdo na actual largura da janela. Para mais informações sobre como redimensionar texto, consulte as Noções sobre o Critério de Sucesso 1.4.4 Redimensionar texto .

O requisito de deslocamento horizontal não tem por intenção ser aplicável a dispositivos com um ecrã pequeno, em que as palavras extensas podem ser apresentadas numa única linha, obrigando os utilizadores a efectuar deslocamento horizontal. Para os propósitos do presente requisito, os autores devem garantir que o conteúdo cumpre o requisito em ecrãs comuns de computadores de secretária/portáteis com a janela do browser maximizada. Visto que as pessoas normalmente utilizam os seus computadores durante vários anos, recomendamos que não confie nas mais recentes resoluções de ecrã de computadores de secretária/portáteis, mas que, ao efectuar esta avaliação, tenha em consideração as resoluções de ecrã comuns de computadores de secretária/portáteis ao longo de vários anos.

A moldagem do texto deverá ser sempre possível desde que as palavras não sejam de tal forma extensas que uma única palavra ocupe mais do que metade da largura do ecrã inteiro. Os URIs demasiado longos poderão não caber num ecrã aumentado, mas não serão considerados como texto de "leitura" e, por conseguinte, não violarão esta norma.

Esta norma não significa que um utilizador nunca irá necessitar de se deslocar horizontalmente. Significa apenas que não terá de o fazer para trás e para a frente para poder ler uma linha de texto. Por exemplo, se uma página tiver duas colunas de texto de tamanho idêntico, cumprirá de imediato esta norma. Aumentar a página significaria que a primeira coluna ocuparia o ecrã e que o utilizador teria apenas de se deslocar verticalmente ao longo da página para a ler. Para ler a segunda coluna, teria de deslocar-se horizontalmente para a direita, para que a coluna da direita pudesse caber inteiramente na largura do ecrã e pudesse ser lida sem serem necessários mais deslocamentos horizontais.

Benefícios Específicos do Critério de Sucesso 1.4.8

Este Critério de Sucesso ajuda os utilizadores com baixa visão a visualizar texto sem características de apresentação que os distraiam. Permite-lhes configurar o texto de modo a torná-lo mais fácil de visualizar, controlando a cor e o tamanho dos blocos de texto.

Este Critério de Sucesso ajuda as pessoas com incapacidades cognitivas, de linguagem e aprendizagem a compreender o texto e a localizar a sua posição em blocos de texto.

  • As pessoas com algumas incapacidades cognitivas conseguem ler melhor o texto quando seleccionam as suas próprias combinações de cor de primeiro plano e de plano de fundo.

  • As pessoas com algumas incapacidades cognitivas conseguem localizar a sua posição mais facilmente quando os blocos de texto são estreitos e quando podem configurar o espaço entre linhas e parágrafos.

  • As pessoas com algumas incapacidades cognitivas conseguem ler o texto mais facilmente quando o espaçamento entre palavras é regular.

Exemplos do Critério de Sucesso 1.4.8

As imagens seguintes ilustram os exemplos de texto com espaço simples, espaço e meio e espaço duplo num parágrafo.

Exemplo de texto com espaço simples (não existe espaço entre cada linha do texto).Exemplo de texto a espaço e meio (espaçamento igual a metade da altura de uma linha de texto).Exemplo de texto com espaço duplo (espaçamento igual à altura de uma linha de texto entre cada linha).

Os exemplos de glifos incluem "A", "?" (símbolo de seta) e "?" (um carácter japonês).

Recursos Relacionados

Os recursos são indicados apenas a título informativo, não implica que tenham sido aprovados.

Técnicas e Falhas para o Critério de Sucesso 1.4.8 - Apresentação Visual

Cada item numerado nesta secção representa uma técnica ou combinação de técnicas que o Grupo de Trabalho das WCAG considera serem de tipo suficiente para cumprir este Critério de Sucesso. As técnicas indicadas só cumprem o Critério de Sucesso se todos os requisitos de conformidade das WCAG 2.0 forem cumpridos.

Técnicas de Tipo Suficiente

Instruções: Visto este ser um critério de sucesso formado por várias partes, terá de cumprir um dos itens numerados para cada requisito indicado em seguida.

Primeiro Requisito: Técnicas para garantir que as cores do primeiro plano e do plano de fundo possam ser seleccionadas pelo utilizador

  1. C23: Especificar, em CSS, as cores de texto e de fundo do conteúdo secundário tais como faixas, funcionalidades e navegação, mantendo inalteradas as cores de texto e de fundo do conteúdo principal (CSS) OU

  2. C25: Especificar contornos e layout em CSS para delinear áreas de uma página Web permanecendo as especificações de cores de texto e de plano de fundo inalteradas (CSS) OU

  3. G156: Utilizar uma tecnologia que disponha de agentes de utilizador normalmente disponíveis que possam alterar o primeiro plano e o fundo de blocos de texto OU

  4. G148: Não especificar a cor de fundo, não especificar a cor do texto e não utilizar funcionalidades de tecnologia que alterem essas predefinições OU

  5. G175: Fornecer uma ferramenta de selecção de várias cores na página para cores de primeiro plano e de plano de fundo

Segundo Requisito: Técnicas para garantir que a largura não tenha mais de 80 caracteres ou glifos (40 se CJK)

  1. H87: Não interferir com o refluxo de texto do agente de utilizador quando a janela de visualização é diminuída (HTML) OU

  2. C20: Utilizar medidas relativas para definir a largura das colunas, de modo a que as linhas possam ter, em média, 80 caracteres ou menos quando o browser for redimensionado (CSS)

Terceiro Requisito: Técnicas para garantir que o texto não seja justificado (alinhado às margens esquerda e direita)

  1. C19: Especificar o alinhamento à esquerda OU à direita em CSS (CSS) OU

  2. G172: Fornecer um mecanismo para remover toda a justificação do texto OU

  3. G169: Alinhar o texto apenas a um lado

Quarto Requisito: Técnicas para garantir que o espaçamento entre linhas seja, no mínimo, um espaço e meio nos parágrafos e que o espaçamento entre parágrafos seja, no mínimo, 1,5 vezes superior ao espaçamento entre linhas

  1. G188: Fornecer um botão na página para aumentar o espaçamento entre linhas e entre parágrafos OU

  2. C21: Especificar o espaçamento entre linhas em CSS (CSS)

Quinto Requisito: Técnicas para garantir que o texto possa ser redimensionado sem tecnologia de apoio até 200% e sem que o utilizador tenha de se deslocar horizontalmente para ler uma linha de texto numa janela de ecrã inteiro

  1. Não interferir com o refluxo de texto do agente de utilizador quando a janela de visualização é diminuída (Geral, Futuro Link) OU

  2. G146: Utilizar layout líquidoE utilizar medidas que sejam relativas a outras medidas no conteúdo, utilizando uma ou mais das seguintes técnicas:

  3. C26: Fornecer opções no conteúdo para mudar para uma disposição na qual o utilizador não tenha de se deslocar horizontalmente para ler uma linha de texto (CSS)

Técnicas Adicionais (de tipo aconselhada) para o 1.4.8

Embora não sejam necessárias para conformidade, as seguintes técnicas adicionais devem ser consideradas de forma a tornar o conteúdo mais acessível. Nem todas as técnicas podem ser utilizadas ou são eficazes em todas as situações.

  • Utilizar um efeito hover para realçar um parágrafo, itens de lista ou células de tabela (HTML, CSS) (futuro link)

  • Apresentar o texto no tipo de letra sans serif ou fornecer um mecanismo para o efeito (CSS) (futuro link)

  • Utilizar listas verticais (com marca de item ou numeradas) em vez de listas em linha (futuro link)

  • Utilizar maiúsculas e minúsculas de acordo com as regras de ortografia no idioma do texto (futuro link)

  • Fornecer tipos de letra ampliados por predefinição (futuro link)

  • Evitar a utilização de texto em imagens não vectoriais (futuro link)

  • Evitar ajustar o tipo de letra para um tamanho mais pequeno do que a predefinição do agente de utilizador (futuro link)

  • Fornecer espaçamento suficiente entre colunas (futuro link)

  • Evitar texto alinhado ao centro (futuro link)

  • Evitar grandes quantidades de texto em itálico (futuro link)

  • Evitar a utilização excessiva de estilos diferentes em páginas individuais e em sítios da Web (futuro link)

  • Tornar os links visualmente distintos (futuro link)

  • Fornecer marcas de item expansíveis (futuro link)

  • Mostrar/Ocultar marcas de item (futuro link)

  • Colocar um espaço-'em' ou dois espaços após as frases (futuro link)

Termos-Chave

blocos de texto

mais de uma frase

mecanismo

processo ou técnica para se alcançar um resultado

Nota 1: O mecanismo pode ser explicitamente apresentado no conteúdo, ou podemos contar que (depender) o mesmo seja fornecido pela plataforma ou pelos agentes de utilizador, incluindo tecnologias de apoio.

Nota 2: O mecanismo deve cumprir todos os critérios de sucesso para o nível de conformidade em questão.

numa janela de ecrã inteiro

na maioria dos visores comuns de computadores de secretária/portáteis com a janela maximizada

Nota: Visto que as pessoas normalmente utilizam os seus computadores durante vários anos, recomendamos que não se sujeite às mais recentes resoluções de computadores de secretária/portáteis, mas que, ao efectuar esta avaliação, tenha em consideração as resoluções mais comuns de computadores de secretária/portáteis ao longo de vários anos.