Noções sobre as WCAG 2.0

Ir para o conteúdo (Pressione a tecla Enter)

Introdução às Noções sobre as WCAG 2.0

As Noções sobre as WCAG 2.0 constituem um guia essencial para compreender e utilizar as "Directrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web 2.0" [WCAG20] . Embora a definição normativa e os requisitos para as WCAG 2.0 estejam disponíveis no próprio documento das WCAG 2.0, os conceitos e disposições poderão ser novidade para alguns utilizadores. As Noções sobre as WCAG 2.0 fornecem comentários não-normativos alargados sobre cada Critério de Sucesso para ajudar os leitores a compreenderem melhor a finalidade e o modo como as directrizes e os Critérios de Sucesso funcionam em conjunto. Fornecem também exemplos de técnicas ou combinações de técnicas identificadas pelo Grupo de Trabalho como sendo de tipo suficiente para cumprir cada Critério de Sucesso. São fornecidos links para as descrições de cada uma das técnicas.

Este não é um documento de introdução. É uma descrição técnica detalhada das directrizes e respectivos Critérios de Sucesso. Para obter uma introdução às WCAG, aos documentos técnicos de suporte ao material educativo, consulte a Descrição Geral das Directrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web (WCAG) .

As Noções sobre as WCAG 2.0 estão organizadas por directriz. Existe uma secção Noções sobre a Directriz X.X para cada directriz. São também apresentadas a finalidade e todas as técnicas de tipo aconselhada relacionadas com a directriz, mas que não estejam especificamente relacionadas com nenhum dos respectivos Critérios de Sucesso.

A secção Noções sobre a Directriz X.X é seguida de uma secção intitulada Noções sobre o Critério de Sucesso X.X.X para cada Critério de Sucesso dessa directriz. Cada uma das secções contém:

São fornecidos links a partir de cada Directriz das WCAG 2.0 que remetem directamente para cada uma das Noções sobre a Directriz X.X neste documento. De igual modo, é fornecido um link a partir de cada Critério de Sucesso das WCAG 2.0 para aceder à secção Noções sobre o Critério de Sucesso X.X.X neste documento.

Para obter informações sobre técnicas específicas, siga os links existentes ao longo deste documento até obter as técnicas pretendidas no documento Técnicas para as WCAG 2.0.

Para aceder aos links que contenham informação sobre as diferentes incapacidades e tecnologias de apoio, consulte as Incapacidades na Wikipédia.

Noções sobre os Quatro Princípios de Acessibilidade

As directrizes e os Critérios de Sucesso estão organizados em torno de quatro princípios, que apresentam a informação básica para um utilizador aceder e utilizar os conteúdos da Web. Um utilizador que pretenda utilizar a Web tem de dispor de conteúdo que seja:

  1. Perceptível - A informação e os componentes da interface de utilizador têm de ser apresentados aos utilizadores de formas perceptíveis.

    • Isto significa que os utilizadores têm de ser capazes de compreender a informação apresentada (tem de estar visível a todos os seus sentidos)

  2. Operável - Os componentes da interface de utilizador e a navegação têm de ser operáveis.

    • Isto significa que os utilizadores têm de ser capazes de funcionar com a interface (a interface não pode requerer uma interacção que um utilizador não possa executar)

  3. Compreensível - A informação e a operação da interface de utilizador têm de ser compreensíveis.

    • Isto significa que os utilizadores têm de ser capazes de compreender a informação e o modo de funcionamento da interface de utilizador (os conteúdos ou o funcionamento não podem ir para além da sua compreensão)

  4. Robusto - O conteúdo tem de ser suficientemente robusto para ser interpretado, com precisão, por uma grande variedade de agentes de utilizador, incluindo tecnologias de apoio.

    • Isto significa que os utilizadores têm de ser capazes de aceder aos conteúdos à medida que as tecnologias avançam (à medida que as tecnologias e os agentes de utilizador evoluem, os conteúdos devem permanecer acessíveis)

Se algum destes princípios não for verdadeiro, os utilizadores com incapacidades não serão capazes de utilizar a Web.

A seguir a cada princípio, são apresentadas directrizes e Critérios de Sucesso para ajudar as pessoas com incapacidades a abordar os princípios. Existem muitas directrizes de utilização geral que tornam os conteúdos mais utilizáveis por todos os utilizadores, incluindo aqueles com incapacidades. Contudo, nas WCAG 2.0 apenas estão incluídas as directrizes que abordam problemas específicos de pessoas com incapacidades. Isto inclui problemas que bloqueiam o acesso ou que interferem, de forma mais séria, com o acesso à Web, por parte das pessoas com incapacidades.

Níveis de Abordagem

As Directrizes

A seguir a cada princípio, é apresentada uma lista de directrizes que abordam o princípio. Existe um total de 12 directrizes. Para obter uma lista prática apenas com as directrizes, consulte o Índice das WCAG 2.0. Um dos principais objectivos das directrizes é garantir que os conteúdos estejam directamente acessíveis ao maior número possível de utilizadores, e que possam ser representados de diversas formas, de modo a corresponder às diferentes capacidades sensoriais, físicas e cognitivas dos utilizadores.

Critérios de Sucesso

A seguir a cada directriz, são apresentados os Critérios de Sucesso, que descrevem concretamente os requisitos para obter conformidade com esta norma. Os critérios são semelhantes aos "pontos de verificação" apresentados nas WCAG 1.0. Cada Critério de Sucesso é apresentado como uma declaração, que pode ser verdadeira ou falsa quando é testado um determinado conteúdo da Web em oposição à mesma. Os Critérios de Sucesso foram concebidos para serem de tecnologia neutra.

Todos os Critérios de Sucesso das WCAG 2.0 foram concebidos como critérios testáveis, para determinar, de forma objectiva, se os conteúdos cumprem os Critérios de Sucesso. Se, por um lado, alguns dos testes podem ser automáticos, utilizando programas de avaliação de software, outros requerem verificadores humanos para uma parte do teste ou para a totalidade do teste.

Embora os conteúdos possam cumprir os Critérios de Sucesso, poderão nem sempre ser utilizáveis por pessoas com diversas incapacidades. As revisões profissionais que utilizam a heurística qualitativa reconhecida são fundamentais para algumas pessoas obterem acessibilidade. Além disso, recomendamos testes de utilização para determinar o modo como as pessoas utilizam os conteúdos para a finalidade desejada.

Os conteúdos devem ser verificados por pessoas que compreendam a forma como pessoas com diferentes tipos de incapacidades utilizam a Web. Recomendamos que, ao efectuar testes humanos, os utilizadores com incapacidades sejam incluídos em grupos de teste.

Cada Critério de Sucesso para uma directriz dispõe de um link para a secção do documento intitulada Como Cumprir, que apresenta:

  • técnicas de tipo suficiente para cumprir os Critérios de Sucesso,

  • técnicas opcionais de tipo aconselhada, e

  • descrições da finalidade dos Critérios de Sucesso, incluindo os benefícios, e exemplos

Técnicas de Tipo Suficiente e de Tipo Aconselhada

Ao invés de apresentar técnicas de tecnologias específicas nas WCAG 2.0, as directrizes e os Critérios de Sucesso foram elaborados para serem de tecnologia neutra. Para fornecer abordagens e exemplos como cumprir as directrizes utilizando tecnologias específicas (por exemplo, HTML), o grupo de trabalho identificou as técnicas de tipo suficiente para cada Critério de Sucesso que são suficientes para cumprir esse mesmo Critério de Sucesso. A lista com as técnicas de tipo suficiente é apresentada em "Noções sobre as WCAG 2.0" (e reflectida em Como Cumprir as WCAG 2.0). Desta forma, é possível actualizar a lista à medida que novas técnicas são descobertas e que as Tecnologias Web e Tecnologias de Apoio evoluem.

Tenha em atenção que todas as técnicas têm carácter informativo. As "técnicas de tipo suficiente" são consideradas suficientes pelo Grupo de Trabalho das WCAG para cumprir os critérios de sucesso. Contudo, não é necessário utilizar estas técnicas específicas. Se forem utilizadas técnicas diferentes das indicadas pelo Grupo de Trabalho, será necessário outro método para determinar a capacidade que a técnica tem de cumprir os Critérios de Sucesso.

A maioria dos Critérios de Sucesso apresenta múltiplas técnicas de tipo suficiente. Poderá utilizar qualquer uma das técnicas de tipo suficiente apresentadas para cumprir os Critérios de Sucesso. Poderão existir outras técnicas não documentadas pelo grupo de Trabalho, que também poderão cumprir os Critérios de Sucesso. À medida que são identificadas novas técnicas de tipo suficiente, estas serão acrescentadas à lista.

Para além das técnicas de tipo suficiente, existem algumas técnicas de tipo aconselhada que podem melhorar a acessibilidade, mas que não se qualificam como técnicas de tipo suficiente, uma vez que não são suficientes para cumprir todos os requisitos dos Critérios de Sucesso, não são testáveis, e/ou porque são técnicas boas e eficazes em algumas circunstâncias, mas não são eficazes nem úteis noutros casos. Estas técnicas são apresentadas como técnicas de tipo aconselhada e surgem imediatamente a seguir às técnicas de tipo suficiente. Os autores são encorajados a utilizar estas técnicas sempre que desejado, para aumentar a acessibilidade às suas páginas Web.

Nota do Editor: Nos casos em que a comissão ainda não descreveu uma técnica, as técnicas são apresentadas com a designação "(futuro link)" a seguir ao título.