Noções sobre as WCAG 2.0

Ir para o conteúdo (Pressione a tecla Enter)

Navegação Consistente:
Noções sobre o CS 3.2.3

3.2.3 Navegação Consistente: Os mecanismos de navegação que são repetidos em várias páginas Web num conjunto de páginas Web ocorrem pela mesma ordem relativa de cada vez que são repetidos, a menos que seja iniciada uma alteração pelo utilizador. (Nível AA)

Finalidade deste Critério de Sucesso

A finalidade deste Critério de Sucesso é estimular a utilização de uma disposição e apresentação consistentes para utilizadores que interagem com conteúdo repetido num conjunto de páginas Web e necessitam de localizar uma funcionalidade ou informações específicas mais do que uma vez. As pessoas com dificuldades de visão que utilizam a ampliação de ecrã para visualizarem uma pequena parte do ecrã utilizam frequentemente os sinais de aviso visuais e os limites da página para localizarem rapidamente o conteúdo repetido. A apresentação do conteúdo repetido na mesma ordem é igualmente importante para utilizadores que utilizam a memória do espaço ou os sinais de aviso visuais para localizarem o conteúdo repetido.

É importante referir que a utilização da frase "mesma ordem" nesta secção não significa que os menus de subnavegação não podem ser utilizados ou que os blocos de navegação secundária ou a estrutura da página não podem ser utilizados. Em vez disso, este Critério de Sucesso pretende ajudar os utilizadores que interagem com conteúdo repetido ao longo de páginas Web a preverem a localização do conteúdo que procuram e a encontrá-lo mais rapidamente quando o procurarem novamente.

Os utilizadores podem iniciar uma alteração na ordem utilizando agentes de utilizador adaptáveis ou definindo preferências para que as informações sejam apresentadas da forma que lhes seja mais útil.

Benefícios Específicos do Critério de Sucesso 3.2.3

  • Garantir que os componentes repetidos se encontram na mesma ordem em cada página de um sítio da Web ajuda a tranquilizar os utilizadores de que poderão prever a localização das coisas que pretendem encontrar em cada página. Isto ajuda os utilizadores com limitações cognitivas, com dificuldades de visão, com incapacidades visuaise igualmente os cegos.

Exemplos do Critério de Sucesso 3.2.3

  • Um controlo posicionado logicamente

    Um campo de procura é o último item em todas as páginas de um sítio da Web. Os utilizadores podem localizar rapidamente a função de procura.

  • Um menu de navegação expansível

    Um menu de navegação inclui uma lista de sete itens com links para as secções principais de um sítio da Web. Quando um utilizador selecciona um destes itens, é inserida uma lista de itens de subnavegação no menu de navegação de nível superior.

  • Controlos para ignorar navegação posicionados logicamente

    Um link "ignorar navegação" é incluído como o primeiro link em todas as páginas de um sítio da Web. O link permite que os utilizadores ignorem rapidamente as informações do cabeçalho e o conteúdo de navegação e comecem a interagir com o conteúdo principal de uma página.

  • Link para passar para a navegação

    É fornecido um link para passar para a navegação para o conteúdo de navegação no final de uma página. O link está posicionado logicamente na parte superior de cada página para que os utilizadores de teclado possam localizá-lo facilmente quando necessário.

Recursos Relacionados

Os recursos são indicados apenas a título informativo, não implica que tenham sido aprovados.

Técnicas e Falhas para o Critério de Sucesso 3.2.3 - Navegação Consistente

Cada item numerado nesta secção representa uma técnica ou combinação de técnicas que o Grupo de Trabalho das WCAG considera serem de tipo suficiente para cumprir este Critério de Sucesso. As técnicas indicadas só cumprem o Critério de Sucesso se todos os requisitos de conformidade das WCAG 2.0 forem cumpridos.

Técnicas Adicionais (de tipo aconselhada) para o 3.2.3

Embora não sejam necessárias para conformidade, as seguintes técnicas adicionais devem ser consideradas de forma a tornar o conteúdo mais acessível. Nem todas as técnicas podem ser utilizadas ou são eficazes em todas as situações.

  • Utilizar modelos para garantir a consistência em várias páginas Web (futuro link)

  • Criar disposição, posicionamento, camadas e alinhamento (futuro link)

Falhas Comuns para o CS 3.2.3

Em seguida, são apresentados os erros comuns considerados como falhas do Critério de Sucesso 3.2.3 pelo Grupo de Trabalho das WCAG .

Termos-Chave

mesma ordem relativa

a mesma posição em relação a outros itens

Nota: Considera-se que os itens se encontram na mesma ordem relativa, mesmo se forem inseridos ou retirados outros itens da ordem original. Por exemplo, a expansão de menus de navegação permite a introdução de um nível de detalhe adicional, ou a introdução de uma secção de navegação secundária na ordem de leitura.

conjunto de páginas Web

um conjunto de páginas Web que partilham um objectivo comum e que são criadas pelo mesmo autor, grupo ou organização

Nota: Versões de idiomas diferentes seriam consideradas como sendo conjuntos diferentes de páginas Web.

página Web

um recurso não incorporado a partir de um único URI utilizando HTTP mais quaisquer outros recursos que sejam utilizados na apresentação ou destinados a serem apresentados em conjunto por um agente de utilizador

Nota 1: Embora quaisquer "outros recursos" possam ser apresentados em conjunto com o recurso principal, não seriam necessariamente apresentados em simultâneo.

Nota 2: Para efeitos de conformidade com estas directrizes, um recurso tem de ser "não incorporado" no âmbito da conformidade, de forma a ser considerado uma página Web.

Exemplo 1: Um recurso Web que inclui todas as imagens e multimédia incorporadas.

Exemplo 2: Um programa Web de correio electrónico construído utilizando Asynchronous JavaScript e XML (AJAX). O programa está totalmente alojado em http://example.com/mail, mas inclui uma caixa de entrada, uma área de contactos e um calendário. São fornecidos links ou botões que permitem visualizar a caixa de entrada, os contactos ou o calendário, mas que não alteram o URI da página totalmente.

Exemplo 3: Um portal personalizável, em que os utilizadores podem escolher o conteúdo a visualizar a partir de um conjunto de diferentes módulos de conteúdos.

Exemplo 4: Ao entrar em "http://shopping.example.com/" no seu browser, está a entrar num ambiente de compras interactivo semelhante a um cinema, em que se pode deslocar visualmente numa loja, arrastar produtos das prateleiras ao seu redor e colocá-los num carrinho de compras que surge à sua frente. Ao clicar num produto, este é apresentado com uma folha de especificações ao lado. Isto poderá ser um sítio da Web com apenas uma página, ou apenas uma única página dentro de um sítio da Web.