Categoria: Notícias

ACESSO em webinar da ERTE da DG Educação

Direção-Geral de Educação / MEC / Governo de Portugal
Na sequência do Webinar “Acessibilidade Web – um caso prático com o WordPress” desenvolvido em conjunto com a Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas (ERTE) da Direção-Geral de Educação, a equipa da Unidade ACESSO da FCT, concebeu o tutorial “WordPress e Acessibilidade”. No Webinar abordamos meia dúzia de questões de acessibilidade e ensinamos a usar ferramentas de validação automática e manual.
Ler mais sobre o Webinar – Acessibilidade e WordPress

Prioridades para o Futuro da Investigação em Sistemas e Serviços de Tecnologia de Informação e Comunicação Acessível

CARDIAC project - Advancing research and development in the area of accessible and assistive ICT

A conferência teve por objetivo obter consensos sobre as prioridades para o futuro da investigação em sistemas e serviços de tecnologia de informação e comunicação acessível. As entidades financiadoras devem alinhar a melhor estratégia para investir os seus recursos, finitos, em investigação e desenvolvimento em benefício das pessoas idosas e com limitações funcionais.

Ler mais sobre CARDIAC

Comissão propõe regras para tornar os sítios Web das administrações públicas acessíveis para todos

Comissão Europeia - Comunicado à Imprensa
Mais de 100 milhões de cidadãos da UE utilizarão mais facilmente os serviços públicos em linha para procurar emprego, registar um automóvel, apresentar a declaração de impostos e pedir um passaporte ou uma carta de condução, graças às novas regras hoje propostas pela Comissão Europeia, no Dia internacional das pessoas com deficiência.

Ler mais sobre Diretiva de Acessibilidade Web

As WCAG 2.0 são agora também Norma ISO/IEC

O World Wide Web Consortium (W3C) e o Joint Technical Committee JTC 1 da Information Technology of the International Organization for Standardization (ISO) e a International Electrotechnical Commission (IEC), anunciaram hoje a aprovação das Directrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web (WCAG) 2.0 como Padrão Internacional ISO/IEC (ISO/IEC 40500:2012).

Ler mais sobre WCAG 2.0 Norma ISO/IEC

aDesigner – o Bobby está de volta!?

Bobby, o validador de acessibilidade Web que a IBM transformou
Na DSAI 2012, que teve lugar ao longo do rio Douro, esteve presente uma equipa de investigadores da IBM Japão. Um dos produtos que mostraram, fruto da investigação da IBM, foi o aDesigner, uma aplicação que permite aos designers efectuarem testes com os seus conteúdos Web de forma a garantirem que os mesmos ficam acessíveis a pessoas cegas e a pessoas com baixa visão.

Ler mais sobre o aDesigner

RTP inova no acesso a programas com Língua Gestual Portuguesa

Imagem do duplo ecrã
A RTP desenvolveu um novo conceito de adaptação de conteúdos de duplo ecrã, via web, que otimiza a presença do intérprete de Língua Gestual Portuguesa (LGP) nos programas de televisão.

A partir de agora é possível acompanhar a emissão em direto do programa “Hoje”, emitido diariamente às 22h00 na RTP2, através de uma página web no sítio da RTP e, simultaneamente, aceder a um ecrã adicional com o intérprete de LGP.

Veja o artigo completo

UEC preconiza um Serviço Europeu, em Linha, de Livros Electrónicos Acessíveis – Memorando assinado a 14 de Setembro

União Europeia de Cegos

[nota: a presente notícia foi redigida na sequência da notícia de 8 de Setembro que dava conta do dia internacional da literacia – ver abaixo.] O Memorando foi assinado pela União Europeia de Cegos, pela Associação Europeia de Dislexia, pela Federação dos Editores Europeus, pelo Conselho dos Escritores Europeus, pela Federação Internacional das Organizações de Titulares de Direitos de Reprodução e pela International Association of Scientific, Technical and Medical publishers.

O Memorando contou igualmente com a supervisão do Comissário para o Mercado Único Europeu e o modelo preconizado é bastante ambicioso.

Eis em síntese os objectivos:

  1. Garantir que as obras acessíveis, convertidas no espaço da UE, tenham liberdade de circulação transfonteiriça;
  2. Criar um Serviço em Linha Europeu de Livros Electrónicos Acessíveis, ao qual utilizadores credenciados possam aceder, não apenas ao catálogo das obras produzidas mas, ao próprio texto das obras;
  3. Criar em cada Estado-Membro um canal de distribuição de livros acessíveis composto por: intermediários de confiança (centros produtores incluídos), comunidade de titulares de direito e respectivas entidades nacionais representantes.

Dia Internacional da Literacia – 8 de Setembro

Apenas 5% dos livros são, em algum momento da sua existência, disponibilizados em caracteres ampliados, áudio ou braille, informa hoje, em comunicado à imprensa, a União Europeia de Cegos. 90% da produção de livros em formatos acessíveis não parte de uma matriz digital mas do livro físico em papel, o que torna o processo de produção moroso e extremamente dispendioso.

No próximo dia 14 de Setembro, na presença do Comissário para o Mercado Único Europeu, Michel Barnier, a União Europeia de Cegos, a Associação Europeia para a Disléxia e a Federação Europeia dos Editores vão assinar um acordo que visa atenuar esta escassez, a que a União Europeia de Cegos chega mesmo a apelidar, no seu comunicado, por “fome de livros“.

O “Memorando de Entendimento”, embora não tenha carácter legal, estebelece os princípios nos quais os editores se apoiarão para permitir a partilha por todos os Estados Membros dos acervos acessíveis produzidos pelas organizações representantes de pessoas cegas e de pessoas com disléxia.

Referências: